No Tarik, abre alas para o Carnaval Antecipado de Itabuna


Ó abre alas

Que eu quero passar

Ó abre alas
Que eu quero passar…

Quando fevereiro chegar, músicas como Ó Abre Alas, eternizada pela lendária Chiquinha Gonzaga, certamente vão mexer com o imaginário de quem for ao Bailinho Delux, no hotel Tarik, em Itabuna.

Mas apenas marchinhas farão parte da programação musical do evento? De forma alguma, responderá Betânia Macedo se alguém, por acaso, fizer tal pergunta a ela.

Duas atrações musicais, informa Betânia,  vão dar o tom da festa, com um repertório que, não há dúvidas, estará na expectativa de todos. E assim o bailinho de Carnaval fará a sua estréia com a sensação de quero mais.

A área externa do Tarik receberá decoração especial de forma a deixar os foliões no clima da festa. Haverá também uma praça de alimentação para que ninguém perca a oportunidade de restaurar as energias.

Quanto ao traje a ser usado na festa, Betânia Macedo diz que cai bem adereços de carnaval tipo máscaras, passadeiras, chapéus, muito brilho e purpurina para “entrar no clima”.

Betânia é do tipo de profissional de Marketing que está sempre criando coisas. E o bailinho, programado para o dia 6, véspera do Carnaval Antecipado de Itabuna, é a novidade do momento.

Caiu bem a farda do Exército Americano no itabunense Pedro Vily


A juventude de Pedro Vily reforça o Exército Americano

No peito, a paixão pelo Brasil e os Estados Unidos. No coração, bate a saudade de Itabuna, cidade onde nasceu, e o sentimento de amor à patente de Sargento do Exército Americano.

E assim segue a vida de Pedro Vily Reis Modesto, ou simplesmente Pedro, neto de Vily Modesto, jornalista que nos deixou em 2018, depois de décadas de sucesso na comunicação sul-baiana.

Portanto, o jovem Pedro, que passou com boas notas nos Colégios Sagrado e Galileu, nessas terras grapiúnas, é agora, aos 22 anos, um militar que sonha ainda mais alto: ser Médico de Combate, e já começou a se preparar para essa futura missão.

Seu primeiro treinamento, na Base de Fort Sill, em Oklahoma, o deixou bastante animado, pois descobriu que está no caminho certo. Amparado pelo otimismo da esposa Noah Cozenns , o novo militar segue firme em busca do sucesso na carreira que abraçou.

A formatura de Pedro Vily como Sargento do Exército Americano ocorreu no dia 6 deste mês de dezembro, mais ou menos três anos depois que ele aportou nos Estados Unidos, cheio de sonhos e com o inglês na ponta da língua. Afinal, dava aulas desse idioma em Itabuna, onde também deixou sua marca como Mestre Conselheiro do Capítulo Demolay 28 de Julho.

Avante, Pedro Vily! A farda do Exército Americano caiu bem em você.

Solenidade de formatura

 

Mais uma concessionária de veículos chega a Itabuna


Estão na rua os convites para a inauguração da Brione/Jeep, em Itabuna.  Antecipadamente, porém, a concessionária já iniciou a  comercialização de seus produtos nesta região, que tem mais de dois milhões de habitantes e, com certeza, muita gente com bala na agulha para entrar 2020 de caro novo.

A inauguração oficial da Brione/Jeep, segundo a diretoria da empresa, está programada para às 19 horas desta quinta-feira, 12, na sede da concessionária, instalada na J.S. Pinheiro, uma das avenidas mais movimentadas do comércio itabunense. É ali, também, onde ficam todas as outras revendas de veículos novos da cidade.

Veja as primeiras imagens do cinema do shopping de Itabuna


Está ficando lindo! Aliás, está lindo, pois as obras praticamente já acabaram. Dentro dos próximos dias, portanto, Itabuna terá o seu cinema. A contagem repressiva para a inauguração foi lançada.

Ao Diário Bahia/revista Bellas, o empresário Neto Chaves, diretor do Shopping Jequitibá, informou que até o dia 19 deste mês tudo estará pronto. E, finalmente, o espaço de cultura e lazer estará à disposição da comunidade regional.

A implantação do cinema faz parte do projeto de ampliação do shopping itabunense, que, recentemente, passou por uma reforma completa. Recebeu, inclusive, novas lojas.

 

 

Público bom, música melhor ainda!


Eddy Oliveira, Via de Acesso

A programação musical da festa da Bellas foi um dos destaques da noite em que a revista itabunense comemorou 11 anos. Começou com o DJ Nadinho, de reconhecido talento. Depois, Amor a Dois e Via de Acesso, duas das bandas mais paparicadas por fãs, no sul da Bahia. Os paparicos têm boa justificativa: eles são realmente bons!

Vale também destacar a participação especial de Sinho Ferrary, que está se dando bem na carreira solo, depois de passar pelo Lordão e outras bandas de sucesso na Bahia. Sinho subiu ao palco para interpretar uma única música: Você me vira a cabeça, sucesso nacional na voz de Alcione. Foi show!

Sinho Ferrary

Igualmente show foi a pegada da banda Via de Acesso, que se apresentou logo depois do momento da entrega do prêmio “Personalidade Bellas”. Eddy Oliveira, numa boa performance, comandou o público com canções atuais e algumas que não se apagaram com o tempo. E a festa, que já estava boa, ficou ainda mais quente e animada.

A programação musical foi encerrada pela banda Amor a Dois, que, a exemplo da Via de Acesso, teve um desempenho que emocionou os convidados da Bellas. Por alguns instantes, Paula desceu para cantar com o público, enquanto Robinho segurava firme o ritmo do palco. Aprovadíssimos!

Paula

Robinho e Paula

“Bellas Tropical Chic”, tema da festa, inspirou os profissionais que decoraram o espaço, na Terceira Via. Eles fizeram um trabalho de excelência. E o buffet? Ah! esse foi de dar água na boca.

Show de elegância na festa de Bellas


Algumas abusaram das cores e dos decotes, enquanto que outras preferiram o básico, sem muita extravagância, mas com muito bom gosto e elegância. Foi com looks assim, baseados no tema Tropical Chic, que a mulherada abrilhantou a festa dos 11 anos da revista Bellas, na Terceira Via, em Itabuna. Na sequência, confira algumas das fotos de Eraldo Dantas. Homens também foram clicados, é claro.

 

De dar água na boca


A festa da revista Bellas, sexta-feira passada, dia 18, foi sucesso em todos os sentidos. Público selecionado, boa música, bebida de qualidade e um buffet que estimulou o visual e o paladar dos convidados.

E que buffet! Tão lindo ele estava que fez Gastronomia e Confeitaria virarem arte nos salões da Terceira Via, em Itabuna. Tudo isso graças ao talento da equipe do Tarik Hotel, Thadeu Henrique Buffet, Buffet Márcia (MM Eventos), Benevides Chocolates Finos e Daniel San, responsável pela comida japonesa.

Mais de cinco fotógrafos fizeram a cobertura da festa, fora o pessoal que trabalha com mídias online. A seguir, a Bellas mostra os cliques de Eraldo Dantas, que caprichou nas fotos do buffet.

Segredinho sobre a festa de Bellas


Davi Santana e sua visão de negócios

É possível sim antecipar uma das novidades da festa deste ano da revista Bellas:  SPA dos pés. Pois é, o empresário Davi Santana, do Drago Drinks, investiu  nesse novo modelo de negócio e o mostrará aos convidados.

Está entendido? O criativo Davi não trabalha mais apenas com drinks. Ele entrou fundo nessa atividade de saúde dos pés; está mandando bem e colhendo bons frutos. É o que será visto, na prática, na noite tropical da revista.

Mas, e quanto aos drinks? Claro que  estarão lá também. Afinal, eles e a festa de Bellas são como unha e carne, pois se conheceram faz 11 anos e estão juntos até hoje.

Por conta dessa parceria, Davi Santana promete: os drinks estarão ainda mais charmosos com base no “Bellas Tropical Chic”, que é o tema da festa, no próximo dia 18, na Terceira Via Hall,  em Itabuna.

O que rola em torno da festa da Bellas


Thadeu Henrique

Thadeu Henrique, decorador dos bons, capricha na organização da festa de Bellas para que tudo saia conforme planejado. E ele sabe das coisas! Thadeu é daqueles que não deixa passar nada. Detalhista no mundo, ele é.

Em reunião com Betânia Macedo e Valdenor Ferreira, diretores da revista, o profissional mostrou a forma carinhosa com que trata o assunto. O entusiasmo dele ainda é maior por estar ao lado da Elma Leão, do Cerimonial Momento Único, outra fera em organização de eventos. As ideias dela, confiem, são brilhantes e oportunas.

Elma Leão

Thadeu e Elma somam-se ao Tarik Hotel, responsável pelo buffet, e ao padrão da Terceira Via Hall, local da festa, marcada para o próximo dia 18, uma sexta-feira, em Itabuna.

Sextooooou! Diriam as cerca de 70 pessoas que receberão o troféu Personalidade Bellas, numa noite de muita elegância e sofisticação. Não há dúvidas de que cada homenageado levará ao palco, uma história interessante de vida, principalmente no mundo dos negócios. Business, business, nada melhor que business para crescer a economia.

Alguém deve estar se perguntando sobre os artistas que vão se apresentar na festa. Então, vamos lá. A Banda Via de Acesso, com um repertório pra lá de eclético, abrirá a programação, que será fechada sabe por quem? Amor a Dois, que, a exemplo da Via de Acesso, toca de tudo. E as águas, com moderação, vão rolar até a madrugada. Wait.

 

Cantora ilheense é melhor intérprete de festival em Minas Gerais


Laís Marques defende impulso coletivo dos artistas da região

Com a música “Alerta”, de autoria própria, a cantora ilheense Laís Marques foi escolhida a melhor intérprete no Festival Nacional da Canção. Ela foi a  única representante baiana na disputa, realizada em sete cidades de Minas Gerais e é considerada o maior festival de música do País. Afinal, reúne artistas de vários estados. Como grande novidade desta edição, a modalidade online, que atraiu brasileiros que moram em outros países.

Apresentadas no formato voz e violão na cidade de Três Pontas – MG, no último dia 24 de agosto, as canções “Alerta” e Lá em casa” ficaram entre as 120 músicas classificadas nas fases eliminatórias – de um total superior a duas mil inscritas. Um total de 24 músicas concorreu à finalíssima.

Representação como bandeira

Para Laís, que teve apoio de redes colaborativas de artistas e da comunidade no custeio da participação no evento e está como semifinalista pela terceira vez no concurso, este é um momento único.

Nascida em Ilhéus, criada em Uruçuca, e atuante na cena do litoral sul baiano, ela sempre defendeu a bandeira de que representação da região nos festivais de música do país. Acredita num resultado coletivo em nome da arte. “Além de enriquecer meu trabalho como cantora e compositora, é também uma forma de impulsionar outros artistas a participarem desse universo. Crescendo em conjunto, com a oportunidade de levar a outros lugares a riqueza e diversidade da música produzida no litoral sul da Bahia”, aposta.