Caiu bem a farda do Exército Americano no itabunense Pedro Vily


A juventude de Pedro Vily reforça o Exército Americano

No peito, a paixão pelo Brasil e os Estados Unidos. No coração, bate a saudade de Itabuna, cidade onde nasceu, e o sentimento de amor à patente de Sargento do Exército Americano.

E assim segue a vida de Pedro Vily Reis Modesto, ou simplesmente Pedro, neto de Vily Modesto, jornalista que nos deixou em 2018, depois de décadas de sucesso na comunicação sul-baiana.

Portanto, o jovem Pedro, que passou com boas notas nos Colégios Sagrado e Galileu, nessas terras grapiúnas, é agora, aos 22 anos, um militar que sonha ainda mais alto: ser Médico de Combate, e já começou a se preparar para essa futura missão.

Seu primeiro treinamento, na Base de Fort Sill, em Oklahoma, o deixou bastante animado, pois descobriu que está no caminho certo. Amparado pelo otimismo da esposa Noah Cozenns , o novo militar segue firme em busca do sucesso na carreira que abraçou.

A formatura de Pedro Vily como Sargento do Exército Americano ocorreu no dia 6 deste mês de dezembro, mais ou menos três anos depois que ele aportou nos Estados Unidos, cheio de sonhos e com o inglês na ponta da língua. Afinal, dava aulas desse idioma em Itabuna, onde também deixou sua marca como Mestre Conselheiro do Capítulo Demolay 28 de Julho.

Avante, Pedro Vily! A farda do Exército Americano caiu bem em você.

Solenidade de formatura