Presidente da OAB aposta em cenário promissor para profissão de advogado


Coragem e, sobretudo, paixão. Eis dois requisitos necessários para quem quer exercer a profissão de advogado, segundo o novo presidente da OAB-Itabuna, Dr. Edmilton Carneiro. “É essa força que nos faz seguir em frente e lutar por um judiciário melhor para nós e para a sociedade de um modo geral”, define, em entrevista à Bellas.

O profissional, com 23 anos de experiência, aposta num cenário mais positivo para a categoria. Entre outras razões, menciona a chegada do Novo Código de Processo Civil, que entrará em vigor em março. “Teremos uma prestação jurisdicional mais célere e, via de consequência, um melhor ganho para toda a classe”, presume.

Confiante na força de entidades como o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o advogado considera que o Judiciário baiano caminha para um novo momento. “O CNJ informa que a Bahia tem o pior Judiciário do Brasil. Aqui, existem cerca de 1,6 milhões de processos, dos quais somente 15% têm certa movimentação. Isso tende a mudar”, assinala.

Ele entende que seja crucial a intervenção do Conselho e da comunidade, para que a perspectiva de mudança se concretize. “Agora, com o controle e a constante cobrança da sociedade e do próprio CNJ, esses processos irão sofrer despachos, sentenças… As consequências disso são a diminuição da violência, e o aumento da demanda de processos, por contra da credibilidade que a sociedade dará ao Judiciário”, afirma, otimista.

Dr. Edmilton Carneiro é formado pela antiga FESPI (Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna), pós-graduado em Direito Material e Processual do Trabalho e atua na área trabalhista. Já foi, inclusive, procurador jurídico da Emasa.

Assumiu

A posse de Edmilton Carneiro na presidência da OAB de Itabuna aconteceu no dia 18 de fevereiro, no Sest Senat. O auditório ficou lotado. Não ficou uma única cadeira vazia. A plateia, formada basicamente por pessoas do mundo jurídico, assistiu a uma solenidade rápida, porém com a qualidade que o momento exigiu.

Em seu pronunciamento, Edmilton Carneiro destacou a importância da OAB para a comunidade como um todo, o que foi ratificado pelo presidente estadual da entidade, Luiz Viana, que fechou a solenidade com um discurso seguro e uma “beliscadinha” no Judiciário. “Juiz tem que morar na Comarca”, opinou ele.

A churrascaria Los Pambas, na saída para Ilhéus, foi o segundo cenário da posse de Edmilton Carneiro. Lá, os convidados participaram de um jantar de adesão.

Academia de Letras de Itabuna elege nova diretoria no centenário de Adonias Filho


Sônia Maron continuará à frente da Academia de Letras de Itabuna

A Academia de Letras de Itabuna (ALITA), cujo patrono é o escritor Adonias Filho, elegeu, por aclamação, uma nova diretoria para o biênio 2015-2017. A posse deverá acontecer ainda neste mês. À frente da instituição, foi reconduzida a presidente Sônia Carvalho de Almeida Maron. Ela reafirmou, logo após o pleito, o compromisso de prestar um serviço – e deixar um legado – à cidade.

“Agradeço a prova de confiança dos meus pares, recebo com humildade a oportunidade de continuar dirigindo a instituição e reitero meu propósito de conduzi-la sempre voltada para o bem comum, afastada da vaidade, intolerância e disputas ditadas pelo egoísmo, a fim de que possamos conviver fraternalmente, exercitando a necessidade de somar e contribuir para o resgate da cultura em nossa comunidade”, afirmou a presidente reeleita da Academia.

Seguindo a tônica de valorizar os talentos da literatura regional, assim como de preservar a memória daqueles que labutaram em prol das letras, a ALITA lançou, recentemente, o livro “O canto contido”, coletânea de poemas da saudosa Valdelice Soares Pinheiro. A obra foi organizada pelo escritor Cyro de Mattos, que assumirá o cargo de editor da Revista Guriatã, publicação com trabalhos literários produzidos pelos componentes da entidade.

Ainda sobre a eleição, a vice-presidência será ocupada pelo professor e escritor Ruy do Carmo Póvoas; a 1ª Secretária será a escritora Ceres Marylise Rebouças de Souza; a 2ª Secretária, a também escritora Lurdes Bertol Rocha; a 1ª e 2ª tesourarias serão ocupadas, respectivamente, por João Otávio Oliveira Macedo e Carlos Valder Nascimento.

Quanto à diretoria de Biblioteca, ficará a cargo de Marcos Antonio Bandeira. Como diretoras de Arquivo, atuarão Raimunda Assis e Sione Porto. Já a diretoria de Ações Culturais será ocupada por Raquel Rocha e Jorge Luiz Batista dos Santos. Na diretoria de Comunicação está Celina Santos, enquanto a diretoria de Projetos e Pesquisa ficará a cargo de Janete Ruiz Macedo e Silmara Santos Oliveira. Na administração do site (www.academiadeletrasdeitabuna.com.br), Raquel Rocha.

Ao longo do ano de 2015, a ALITA deverá participar de eventos, além de promover outros, em alusão ao centenário do seu patrono. O próximo, inclusive, está marcado para 20 de maio, no Memorial Adonias Filho, em Itajuípe. Será a abertura das comemorações pelos 100 anos de nascimento do escritor.

Diversidades artísticas e culturais enriquece o mês de maio na região


Teatro, audiovisual, dança, oficinas e muitos debates e feiras que prometem ajudar a girar a economia criativa no Estado. É o que o mês de maio reserva para a programação cultural de diversos territórios de identidade da Bahia. Os eventos fazem parte de projetos que têm apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA), Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Iniciando a programação, entre os dias 01 e 06 de maio acontece o II Ciclo de Oficinas de Comunicação e Cultura Digital da Rede de Rádios Indígenas. As atividades envolvem a produção e edição de conteúdos radiofônicos utilizando softwares livres na Rádio Tupinambá FM, que transmite direto da Aldeia Tupinambá de Olivença, localizada a 15km da cidade de Ilhéus.

O município de Itacaré recebe pela quarta vez o Festival de Dança Itacaré. Esta edição, que acontecerá entre os dias 27 e 31, irá contribuir para implementar e desenvolver um panorama voltado para a dança contemporânea, valorizando os grupos de dança do interior da Bahia, contribuindo com a formação e profissionalização, além do intercâmbio de conhecimentos ligados à dança. A qualidade dos conhecimentos a serem apresentados e discutidos no litoral sul da Bahia sobre a Dança é de grande importância para a pulverização, fomento e a formação de platéia nesta área, visto que toda a programação é gratuita.

Integrando o projeto ADOLE, contemplado com Edital Setorial de Dança, o espetáculo de dança DESASTRO será apresentado em diversas cidades ao redor da Bahia. No dia 13 em Cachoeira, 15 em Camaçari, 18 em Jequié e 20 em Vitória da Conquista. O espetáculo, que dura aproximadamente 50 minutos, é uma peça coreográfica que movimenta uma idéia de futuro inventada anos atrás, responsável pela construção da estética dos mundos de ficção científica e das viagens espaciais. É uma volta ao futuro do passado, que faz parte do nosso presente até hoje.

Estão abertas também as inscrições para o Workshop “Discutindo a Lei 13.006/2014 – O Cinema Brasileiro nas Escolas” que integra a programação do V FECIBA – Festival de Cinema Baiano, que acontece de 07 a 13 de Junho em Ilhéus (BA). Os interessados deverão se inscrever no site do evento (www.feciba.com.br), mediante preenchimento de ficha cadastral até o dia 08 de maio. A lista de participantes selecionados será divulgada no dia 10 de maio.