Culinária e outros cursos no Instituto Mix de Ilhéus


André Cabral representou o Instituto Mix e a Faculdade Madre Thais no último Festival Internacional do Chocolate, em julho.

O curso de culinária do Instituto Mix de Profissões, em Ilhéus, é uma boa opção para quem pensa em trabalhar por conta própria ou sonha com um bom emprego. Lá, o professor André Cabral, formado em Gastronomia e autor de livros sobre o assunto, se destaca na arte de ensinar.

Com base nos conhecimentos práticos e teóricos de Cabral, os alunos saem do Mix prontos para preparar pratos à base de frutos do mar, carnes e massas. Depois de cada aula, vem uma das melhores partes do curso: a degustação, quando é atestada a qualidade do que foi produzido.

Em Ilhéus, o Instituto Mix, com mais de 500 escolas em todo o país, fica na Avenida 2 de Julho, 1049 . Contato: 3231.3894. ZAP 99128.7156/98800.3897. Além de culinária, a escola tem Confeitaria e várias outras opções para quem tem pressa em entrar para o mercado de trabalho.

Na área da Beleza, por exemplo, o Mix oferece Barbearia Profissional, Cabeleireiro, Maquiagem, Manicure e Pedicure, Depilação, Designer de Sobrancelha. Saúde: Massagem Profissional, Auxiliar de Veterinária e Pet Shop, Atendente de Farmácia.

Instalação e Manutenção de Ar-Condicionado é outro curso bastante procurado no Instituto Mix, que, além de Ilhéus, tem unidades em Eunápolis, Salvador, Feira de Santana, Lauro de Freitas, Alagoinhas, Barreiras, Barra da Estiva, Jequié, Jacobina, Caetité, Simões Filho e Camaçari.

 

Aprenda a fazer hambúrguer de Jaca


Foto: Brian Baldati

Ingredientes:

  • Jaca verde pequena
  • 150g farinha de arroz
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 pimentão verde
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimentão amarelo
  • Cebolinha picada
  • 3 colheres de azeite de oliva
  • 2 colheres de fumaça líquida
  • Sal e pimenta à gosto

Modo de preparo:

Descasque a jaca, e corte em fatias grossas. Na panela de pressão, cubra com água a jaca e deixe cozinhar por aproximadamente 40min, ou até a jaca ficar bem macia. Escorra e desfie a jaca utilizando um garfo. Em uma panela, refogue os temperos (cebola,alho, pimentão vermelho;vermelho e amarelo) por média de 5min. Acrescente a jaca desfiada, o sal, pimenta a cebolinha e a fumaça líquida, e deixe refogar por mais 3min. Em uma tigela, coloque a jaca temperada (ainda quente) e acrescente aos poucos a farinha de arroz, até obter a consistência desejada. Espere esfriar, e modele a massa em formatos de hambúrguer. Frite na chapa com um fio de azeite de oliva.

*Chef Letícia Zinher do Garden HamBargueria

 

Cinco Armadilhas que podem aparecer para quem quer ter uma vida fitness 


Muitos dos que decidem ter uma vida fitness – e aqui vamos considerar que é aquela em que a pessoa cuida melhor de sua alimentação, passa a praticar exercícios com regularidade – encontram alguns desafios em sua jornada, e muitas vezes acabam não resistindo e desistem de ter o fitness como estilo de vida.
A diva fitness Gabi Lubies também é uma expert em concursos públicos e preparação para rotina de estudos e provas. Ela afirma que o mesmo mindset, mentalidade e disciplina para conseguir o corpo sarado tão desejado, é o mesmo para os concursos e para a vida, mas que as pessoas costumam cair em armadilhas de auto-sabotagem.
Gabi Lubies fez uma lista com as cinco principais armadilhas que sabotam dietas e treinos, e que fazem as pessoas desistirem, e mostra como não cair nestas ciladas, e alcançar os seus objetivos:

 1-  Não acreditar em si 

Pode parecer algo bobo, saído direto de um clichê de internet, mas muita gente não consegue ser fitness por simplesmente acreditar que não é capaz. Acreditam que não conseguem treinar com regularidade, não conseguem ter disciplina, fazer dieta. Uma das coisas que mais escuto é “queria ter sua disciplina e força de vontade”. Eu não tenho dúvidas de que se a pessoa quiser, ela vai conseguir, pois a nossa força é muito superior do que nossas desculpas.
Se você acreditar que tem o controle da situação, pode e vai ser fitness e também terá êxito em tudo o que se prontificar a fazer na sua vida, não apenas na meta de ter um corpo sarado.
Algumas estratégias podem ajudá-lo a acreditar mais em si: lembrar de algum obstáculo que foi capaz de vencer, pense nos desafios que encarou no passado e em que teve sucesso; encontre alguém com uma vida parecida ou com mais aparentes “dificuldades” do que você e que consiga se superá-las, isso ajuda a dar “um sacode”, sabe? Quando vemos alguém com muito mais razões para não conseguir e que chegam lá, pensamos: eu também consigo.

2-  Síndrome do “já que”

Não conhece essa síndrome? Nunca ouviu alguém dizer o famoso “já que” para justificar suas escapadas ou prolongá-las ainda mais? “já que hoje bebi, vou comer também”, “já que sai da dieta na quarta, volto na próxima segunda”, “já que vou sair de férias, não adianta começar agora”, e etc. A lista é longa. A questão é simples, escorregadas irão ocorrer, mas não é por isso que você vai “jacar” de vez e largar sua caminhada. Quando sair do “prumo”, no momento seguinte retome, não precisa botar tudo a perder. Pense em tudo que já caminhou para chegar ali! Escorregou? Ok, esquece, vira a página e faz o que tem que ser feito dali por diante. Acredite que quanto mais você conseguir manter-se focado, menos vontade de deslizar terá!

3-  Não saber distinguir alimentação saudável de dieta

Você começa a treinar, não vê muito resultado, aí vai se desestimulando e não entende o motivo, já que você faz dieta. Aí eu pergunto: será que você faz dieta mesmo? Ou será que alimenta-se de forma saudável? Antes de falar a diferença delas, vale a pena dizer que não há certo ou errado entre elas, mas como são coisas diferentes, os resultados alcançados também o serão.
Ocorre que muitas vezes as pessoas querem resultados específicos como perder peso, ganhar massa e aí é que a dieta é mais adequada, pois nelas faz-se a quantificação do quanto deve-se ingerir com base no gasto e objetivo do indivíduo. As dietas tendem a durar prazo certo e irão alterar a depender do que se pretende alcançar.
Quando a pessoa começa a ser fitness em geral tem uma meta e muitas vezes está se alimentando muito bem, mas não com a alimentação voltada para o seu objetivo. Aí é que um bom profissional de nutrição poderá lhe auxiliar corretamente seja para uma reeducação alimentar ou para uma dieta específica.

4-  Achar que a balança é o melhor parâmetro  

Treinamos, nos alimentamos bem e vamos nos pesando quase todo dia, e vamos surtando quando não vemos o peso alterar. O reflexo na balança não é demonstrado tão imediatamente e pode não dizer muito. Quando treinamos e nos alimentamos bem, os percentuais gordura e de massa magra alteram e isso pode ser evidenciado muito mais de outras maneiras do que diretamente nos ponteiros. Observe seu bem-estar, suas medidas, como você se vê no espelho, sua percepção é o seu melhor termômetro.

5-  Comparar o seu resultado com o dos outros 

Se não for a maior armadilha, provavelmente é a mais cruel. Somos seres únicos e nossos organismos respondem aos estímulos de forma única também. Não adianta comparar-se com alguém com biotipo parecido, com estilo de vida similar, porque ainda assim, não terá os mesmos resultados.
Você pode espelhar-se em alguém, isso é ótimo, ajuda muito, mas não deve nunca buscar ter exatamente os mesmos resultados e no mesmo prazo de quem quer que seja. Busque ser a sua melhor versão, atingir os seus objetivos, mas não fique olhando para o outro e cobrando-se ser igual a ele, pois isso poder ser muito destrutivo. Vá acompanhando os seus resultados pessoais e vibrando a cada conquista, independente do tamanho. Você precisa estar bem com você e seu espelho reflete sempre a sua imagem, é a ela que você deve dedicar seus esforços e ser o seu parâmetro.

Karen Póvoas abraça rádio e canal na internet como novos desafios


Karen Póvoas lançou o canal no último sábado e promete uma nova história toda terça (Foto: Bruna Maria)

Texto Celina Santos

A jornalista Karen Póvoas, após 12 anos na TV Santa Cruz, inicia novos passos na carreira. Depois de estrear como uma das âncoras do programa Bom dia, Bahia, mostra hoje (23) o primeiro personagem do canal “Histórias pra te inspirar”, na rede social YouTube.

A festa de lançamento daquele espaço virtual (porém, calcado na realidade) foi realizada no shopping jequitibá, no dia da amizade, com a presença da família, dos amigos, colegas de profissão, fãs e convidados, como o cantor David Nascimento; a modelo Suelen Valiense, voluntária no projeto “Sou solidário” e a apresentadora Tamires Santana, que foi a mestre de cerimônia.

“Eu estava com esse projeto na gaveta e só agora surgiu a oportunidade de concretizá-lo com o apoio dos parceiros. O canal convida os internautas a uma autorreflexão sobre a vida. As histórias contadas são reais e motivacionais. O meu propósito é ajudar as pessoas a enxergarem um mundo melhor inspiradas nos personagens que têm feito a diferença na vida de outras pessoas”, afirma, animada, Karen.

A profissional sempre manifestou um perfil discreto na tv e, ao mesmo tempo, transmite ar de seriedade, o que pode favorecê-la nos novos meios em que pretende comunicar-se. Ela, aliás, considera que a experiência como repórter sempre a estimulou a seguir contando trajetórias de vida.

“Durante 14 anos como repórter de TV, aprendi muito com as histórias dos inúmeros personagens que entrevistei. Cada lição de vida e de superação que escutei foi uma motivação para continuar na externa. Nas minhas reportagens priorizei narrar os fatos de uma forma mais humana, sempre respeitando os personagens e ouvindo os dois lados da história. Quero continuar com o meu propósito; dessa vez, na internet, canal de comunicação em crescimento. Acredito muito na nossa capacidade de mudar a vida de outras pessoas com pequenos atos”, argumenta.

Quem está disposto conhecer e mergulhar no universo de pessoas que são verdadeiros exemplos, de dificuldades superadas, de projetos realizados deve encontrar um espaço ideal, também, na rede. O canal exibirá histórias inspiradoras toda terça-feira. Como convida Karen, “Inscreva-se e ative o sino pra não perder nenhum vídeo”. O link do canal é (https://www.youtube.com/channel/UCR2rxpRa56kxg6-Ao6Wa8-Q).

Como produzir um casamento no inverno?


Pensando em casar no inverno? Os meses mais frios costumam ser os menos procurados para esse tipo de celebração em determinados estados, porém, segundo a cerimonialista parceira da chácara Encanto das Areias, Ana Paula DaMatta, é possível sim, fazer uma festa incrível. E o planejamento adequado é fundamental para o sucesso de qualquer evento. Abaixo você confere algumas dicas sobre casamentos no inverno:

Quanto custa?

É normal que o número de eventos caia nessa época do ano em algumas regiões, mas será que fica mais barato casar no inverno? Segundo a cerimonialista, depende, pois alguns serviços podem ficar mais em conta, como os espaços e fotografias, porém, outros costumam ficar mais caros, como a decoração, que sobe em torno de 10%

Onde realizar a cerimônia?

Esse é um quesito que requer alguns cuidados, por isso tenha sempre em mente um lugar aconchegante e confortável para você e seus convidados. Como costumamos passar muito mais tempo em lugares fechados, tudo tem que ser pensando para o conforto. Se o lugar tiver uma vista bonita, ajuda muito. Outra dica legal, é escolher lugares que tenham fácil acesso ao estacionamento, para que os convidados não tenham problemas com o tempo. Se as temperaturas estiverem muito baixas, opte também por aquecedores a gás, para garantir um clima agradável.

Cores do inverno

Está indecisa com as cores da festa? Uma dica boa é ficar de olho nas tendências divulgadas pela Pantone. Todo os anos eles fazem uma seleção de cores para cada estação. Para a paleta 2019/2020, a aposta são cores arrojadas e fortes (Red Pear, Nebulas Blue, Ultra Violet), que trazem a sensação de poder e confiança, e algumas opções mais clássicas (Mellow Rose, Limelight, Crocus Petal), escolha as cores que melhor representam sua personalidade.

Como planejar a decoração?

Esse é um período que possibilita decorações mais aconchegantes e sofisticadas. Você pode abusar dos tons mais quentes, galhos, folhas secas, madeiras e veludo, que são materiais perfeitos para o frio. Se o casamento for em um local aberto, uma boa dica é disponibilizar cobertinhas para os convidados ficarem mais confortáveis durante a cerimônia. Aquecedores também são muito bem-vindos. Almofadas e tapetes também são ótimos para criar um clima mais acolhedor. Quanto as cores, as opções são os tons mais fechados e terrosos: amarelo queimado, verde, azul marinho e marsala são muito usados.

Flores de invernos

Você pode optar por flores clássicas, que ficam bem o ano todo, porém no inverno temos algumas opções bem específicas. Tulipas só florescem nesse período e são uma boa opção para um lindo buque, já que elas amam o frio e são mais resistentes. Outras opções são a flor de cerejeira, orquídeas, azaleias, cravos, boca de leão, lisiathus, astromélias e lirios, todas encontradas facilmente nessa época do ano.

Iluminação

Aposte nas iluminações quentes, que deixam os ambientes mais aconchegantes, use velas e luzes especiais. Vale a pena também investir na iluminação direcionada nos arranjos. Se você souber utilizar a iluminação, o resultado ficará incrível.

O que servir aos convidados?

No inverno podemos aproveitar e preparar um cardápio um pouco mais “pesado”. Carnes, massas, risotos e sopas são ótimos e ajudam a aquecer. Vale a pena também investir em uma entradinha mais quente, como um escondidinho de carne seca. Vinho tinto vai muito bem nos dias mais frios, além dos destilados e drinks. Quanto ao bolo, vai do gosto da pessoa, mas uma boa opção são os bolos com chocolate amargo.

Noivas no inverno

Quanto ao vestido e acessórios, uma boa dica é apostar estolas e capas, já que elas são ótimas para manter o corpo aquecido e não pesam muito. Outra opção são os vestidos com manga longa, que também ajudam a manter a temperatura do corpo. Agora, se passar um pouco de frio está fora de cogitação, a dica é investir em tecidos mais estruturados como mikado, zibeline e cetim. O crepe está em alta também e traz aquela modernidade e elegância. Outra ótima opção são as rendas de algodão que ajudam a aquecer.

Com relação a maquiagem, apostem em cores mais sóbrias, cores quentes e marcações. Independente da estação, a maquiagem da noiva deve valorizar sua beleza. Não existem muitas regras, só temos que ter cuidado para não exagerar. O penteado deve seguir a mesma linha, ornar com o conjunto de forma elegante e que faça a noiva sentir-se linda. O cabelo semi-preso é sempre uma boa opção.

Vestimentas no inverno

Noivo – Aqui é importante que o traje esteja harmonizando com todo o resto, por isso, fique atento a luz. Uma ótima opção é o terno azul, que segue como tendência em todas as estações. As cores claras são mais adequadas para eventos diurnos e as escuras para os noturnos. Quanto aos tecidos, aposte na lã fria, já que ela tem um ótimo conforto térmico, perfeita para o clima aqui no Brasil.

Madrinhas – Para as madrinhas, as dicas são quase as mesmas. Se a previsão for de muito frio, aposte nos vestidos de manga longa, nas estolas pashminas e boleros, eles vão ajudar bastante.

Convidados – As dicas acima servem também para os convidados. Fique atento ao horário e as condições climáticas para o dia, assim você não corre o risco de errar e nem de passar frio.

Ídolo da Seleção flagrado com Musa do Flamengo em boate


Do Bocão News

Qem é rei nunca perde a majestade” é o ditado mais apropriado para ex-jogador Romário. Apesar de se tornar ídolo em campo, todo mundo sabe que o craque sempre gostou de curtir a noite e da paquera. Aposentado dos gramados, o Baixinho deu mais uma prova que continuar em forma ainda quando o assunto é conquistar a mulherada.

Nesta semana ele esteve no Parada 021, na Vila da Penha, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, onde foi criado, comemorando o aniversário de seu irmão Ronaldo Faria. Solteiro desde o fim do namoro com a personal trainer Érica Cyriaco, em agosto do ano passado, o senador de 52 anos mostrou que ainda ‘bate um bolão’ e terminou a noite acompanhado.

A “escolhida” foi Cássia Figueiredo, com quem dançou coladinho no cantinho do salão e tudo mais, como mostram as fotos que circulam na internet. Cássia já foi Musa do Flamengo, Musa do MMA e trabalha como bailarina, além de cursar a faculdade de Direito. Ela faz a alegria de seus quase 100 mil seguidores no Instagram, sensualizando com fotos de biquíni e maiô.

 

“Musa do Vitória” faz ensaio na Avenida Paulista contra o preconceito regional


A musa fitness Milla Summers, baiana nascida em Caravelas e considerada a “Musa do Vitória”, fez um belíssimo ensaio fotográfico na Avenida Paulista, em São Paulo, contra o preconceito regional.
“Todos os nordestinos em São Paulo são chamados de baianos, mas nem todos são baianos. Em São Paulo existe pessoas de todas as regiões do Brasil. Amo a Bahia, amo o Vitória, sou Vitória e vivo em São Paulo. E daí?”, dispara a loira que está despontando nas redes sociais como influenciadora digital.
Milla Summers começou a treinar para superar a dor causada por um problema de saúde na família. Ela percebeu que, devido a essa situação, havia abandonado não somente sua carreira como advogada, mas também a si mesma. Mas hoje ela conseguiu dar a volta por cima, graças à motivação que encontrou no lifestyle fitness e na musculação. “Estava muito cansada, sem perspectivas, triste e não conseguia me cuidar. A segunda gravidez detonou meu corpo, me achava feia, não me reconhecia e chorava ao ver minhas fotos mais antigas”, lembra a beldade.
A motivação para superar tudo isso veio quando descobriu na internet informações sobre um concurso de beleza fitness. Inspirada pelo desafio, Milla Summers conta que decidiu competir e levar a preparação a sério: “Foi uma maneira que encontrei de dar a volta por cima e não fraquejar. Precisava de um objetivo mais concreto para garantir os cuidados comigo, já que tinha uma rotina tão intensa por conta do problema de saúde da minha filha. Pronto! Matriculei-me numa academia, contratei um excelente personal, busquei um médico para me ajudar com toda a suplementação e ajustes fisiológicos e uma nutricionista que me acompanha nos cuidados com a dieta”.

Dra. Thaís Paula Reis mostra caminho para rosto jovem e saudável


A tão sonhada “pele de porcelana” e até um aspecto rejuvenescido para driblar as tais marcas do tempo é o que procura a maioria das pessoas – sobretudo as mulheres. Esse anseio é uma das razões para ser tão buscada – e reconhecida – a médica Thaís Paula Reis, dedicada à dermatologia. Ela se define como “uma apaixonada pela profissão”.

Dra. Thaís recorda ter escolhido a dermatologia assim que decidiu cursar medicina. “Pois a pele reflete a saúde do corpo e da mente”. Desde que se formou, no Rio de Janeiro, ela se dedica à dermatologia clínica, cirúrgica e, principalmente, estética.

Organizada e disciplinada, entende que o sucesso é a soma de esforços repetidos dia a dia. “Então, me preocupo com todos à minha volta e conto com uma equipe que facilita muito minha rotina”, acrescenta.

A bem-sucedida profissional não se esquece da família quando perguntamos “Quem é Thaís Paula Reis?”. “A mãe de Gabriela (risos). Além de me dedicar à profissão, sempre divido meu tempo com a família. A filha Gabriela Reis, o esposo Valderico Júnior e o nosso mascote José Augusto Lucky (o cachorro)”, detalha.

Lifting 4D para rejuvenescer

Dra. Thaís se considera detalhista e lembra ter escolhido cada peça, cada cantinho da clínica, para retratar um pouco da identidade dela. Além disso, tem claro um diferencial do serviço que presta: “O conceito de cuidado desde a recepção à finalização dos procedimentos. O objetivo maior é otimizar os resultados e atingir ao máximo a expectativa dos pacientes”.

Logo na primeira consulta, segue um protocolo que começa pela avaliação e as indicações para cada paciente. “Priorizo sempre a queixa e necessidade de cada um, para obtermos os resultados desejados”, avalia.

A médica prioriza o tratamento das quatro dimensões da face, através do Lifting 4D, como um procedimento cujo intuito é o rejuvenescimento. Ela esclarece que o processo de envelhecimento inclui fatores como perda de áreas de gordura, diminuição da parte óssea do rosto e formação de rugas.

A seguir, Dra. Thaís Paula Reis esclarece para a Bellas, de forma técnica, o passo a passo do Lifting 4D.

 O que é o Lifting 4D?

O Lifting 4D é o conceito de tratamento para rejuvenescimento. O protocolo avançado atua em 4 dimensões, sendo elas a cosmetologia, suavização da musculatura, realce da face e textura da pele.

Como ocorre a primeira dimensão do Lifting?

A primeira dimensão, cosmetologia, são os produtos prescritos individualmente para cada paciente. Os dermocosméticos irão preparar a pele para os procedimentos realizados na clínica, como também prolongar os efeitos dos mesmos. Após avaliação detalhada do paciente, são indicadas medicações específicas para cada tipo de pele.

 E a segunda dimensão?

A segunda dimensão, suavização da musculatura, trabalha o relaxamento de músculos específicos do terço superior, inferior da face e pescoço, resultando em um aspecto mais jovem e descansado.

 O pescoço também é tratado?

A musculatura do pescoço interfere diretamente na tração da face e envelhecimento do rosto; por isso, sempre indico o procedimento “nefertit” para suavizar a “papada”, as linhas finas e alongar o pescoço.

 E sobre a terceira dimensão?

A terceira dimensão, realce, valoriza os contornos da face de cada paciente, projetando as qualidades e minimizando imperfeições. Sempre respeitando a característica e anatomia de cada um. Nesta etapa projetamos pontos de luz que emagrecem o rosto, diminuem os sulcos profundos e melhoram a forma facial, elevando a beleza na sua proporção áurea.

 

Por fim, como funciona a quarta dimensão?

A quarta dimensão, textura, envolve todo o tratamento para deixar a pele com o aspecto de “pele de porcelana” tão desejado. O viço e brilho, perdidos ao longo dos anos, são trabalhados nesta etapa. Os ativos injetáveis ou tópicos são utilizados para atuar na vitalidade da pele, nas manchas e cicatriz de acne.

Qual a importância do uso diário dos produtos em casa no tratamento?

É muito importante. Para uma pele saudável, é preciso ter rotina, lavar o rosto duas vezes ao dia com o sabonete adequado, usar cremes rejuvenescedores e nunca abrir mão do protetor solar.

“Acredito que quando você olha no espelho e enxerga uma pessoa bonita, você emana energias positivas e a vida passa a fluir na mesma leveza do seu olhar.”

Conselho de Turismo de Ilhéus elegeu diretoria


Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 6, os membros, recentemente empossados, do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) de Ilhéus elegeram a diretoria do colegiado para o biênio 2018-2020. O servidor público Jacks Rodrigues, vinculado à secretaria de Turismo e Esportes (Setur), foi eleito presidente, e o empresário Rafael Espírito Santo, atual presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), é o vice. O representante do terceiro setor, Marcos Antonio Lessa, da Federação das Associações de Moradores de Ilhéus (FAMI), foi escolhido para a secretaria.

A assembleia aconteceu no auditório do Centro Administrativo do Município, no bairro da Conquista, com a presença do secretário de Turismo, Hélio Ricardo. Reativado na atual gestão, o Conselho Municipal de Turismo é integrado por representantes do Poder Público, da iniciativa privada e do terceiro setor, por meio de nomeação pelo prefeito Mário Alexandre, conforme o Decreto 036/2018. A próxima reunião do Conselho foi marcada para o dia 20 de junho, para apreciação e votação do regimento interno

O Comtur constitui-se como um colegiado de caráter consultivo e deliberativo, que atua na esfera do controle social – uma forma de compartilhamento de poder de decisão entre Estado e sociedade em torno das políticas públicas. Tem como objetivo principal formular e implementar a Política Municipal de Turismo, a fim de criar  condições  para  o  aperfeiçoamento  e  o  desenvolvimento,  em  bases sustentáveis, da atividade turística em Ilhéus, de forma a garantir o bem estar de seus habitantes e turistas e o resguardo do patrimônio natural e cultural da região.

Também compete ao Conselho, acompanhar a elaboração e aprovar o Inventário da Oferta Turística, elaborar propostas de valorização da cultura e dos costumes da população local e do patrimônio artístico, arquitetônico, histórico e turístico; indicar ações para atendimento com recursos do Fundo Municipal de Turismo; apoiar o desenvolvimento do produto turístico, por meio da mobilização e sensibilização da comunidade; fomentar a certificação de atividades e empreendimentos turísticos no município, entre outras atribuições.

 

 

Cresce a participação de jovens que abrem negócios


Terminar a faculdade e seguir carreira em uma empresa pública ou privada não é mais a realidade profissional predominante entre o jovem brasileiro. Cresceu em 2017 o número de empreendedores entre 18 e 34 anos que estão envolvidos na criação do próprio negócio. Já são 15,7 milhões de jovens que estão levantando informações para ter um negócio ou que já tem empresa com até 3 anos e meio de atividade, um aumento de 7 pontos percentuais, na participação relativa, na comparação com 2016.

Os dados fazem parte do relatório executivo Global Entrepreneurship (GEM), realizado no Brasil pelo Sebrae em parceria com o IBQP. A pesquisa mostra que 1 em cada 3 adultos brasileiros, entre 18 e 64 anos, é empreendedor ou está envolvido na abertura do próprio negócio. Aumentou também, de 57 para 59%, o percentual de brasileiros que empreendem por oportunidade.

“O jovem brasileiro já entendeu que para ter trabalho a melhor alternativa é criar o próprio emprego, é empreender, inovar e gerar novas vagas. E eles não empreendem por necessidade, estão de olho nas oportunidades do mercado, estão atendendo demandas sociais e movimentando a economia. Aliás, este resultado é um reflexo também do início da recuperação da nossa economia”, destacou o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Ao verificar o empreendedorismo no Brasil em 2017, de acordo com o relatório GEM, considerando as diferentes faixas etárias, nota-se que os jovens de 25 a 34 anos foram os mais ativos na criação de novos negócios. Isso significa que 30,5% dos brasileiros nesta faixa etária estão tentando criar um negócio ou já são proprietários e administram um empreendimento em estágio inicial, com até 3 anos e meio de criação. Em seguida, neste ranking aparecem aqueles ainda mais jovens, de 18 a 24 anos, o que representa que 20,3% deles estavam envolvidos com a criação de novos negócios. O perfil dos novos empreendedores em 2017 manteve o destaque para a mulher, que respondeu por 52% dos Empreendedores Iniciais.

Analice Furtado montou seu próprio negócio com 23 anos. Hoje ela é dona de um salão de beleza junto com a mãe. “Fui atrás do Sebrae buscar sugestões nesta área e decidi abrir a empresa”, conta a jovem empresária, antes recepcionista de uma academia. “Me aprimorei, fiz vários cursos e depois resolvi fazer faculdade na área de estética”, acrescenta Analice, que decidiu pelo novo ramo para ter independência financeira. Ela começou com uma funcionária e atualmente trabalha com a mãe.

Dos 27,4 milhões de Empreendedores Iniciais, 15,7 milhões estavam na faixa dos 18 a 34 anos.