Tudo novo na Brilhu´s


briljA loja Brilhu’s, cuja matriz fica na Praça Olinto Leoni, no Centro de Itabuna, inaugurou suas novas instalações com um belo coquetel.
A loja é o lugar ideal para quem costuma dar um toque especial em sua aparência, com bijuterias, bolsas e acessórios de qualidade. Os produtos da Brilhu’s são sinônimo de beleza e elegância.
A loja, reinaugurada em dezembro, está mais ampla, mais aconchegante, mais bonita. Um charme, graças ao trabalho da decoradora Giovana Rebli.
O coquetel de reinauguração despertou a atenção de muitos clientes da loja. A Brilhu’s mantém, ainda, uma filial na rua Ruy Barbosa. Todos foram carinhosamente recepcionados pelo casal Roberto Fontes Pina e sua esposa Cinzia Kelly, proprietários.
Eles não abrem mão do “feeling” da empresária Marly Fontes, que colabora com toques de extremo bom gosto no charme da loja. Vale lembrar que ela é mãe de Roberto e demonstra orgulho pelo sucesso do empreendimento.

Fotos Fábio Pinto (Site Nazoera)

Sofisticação e sensualidade prometem marcar moda outono-inverno


A estação mais quente do ano está chegando ao fim e as vitrines já começam a se modificar. Croppeds, biquínis e shortinhos vão perdendo espaço para os moletons, botas e jaquetas. Prepara-se para ousar nesta temporada outono-inverno.

Muito utilizada durante o verão, a transparência segue em alta para a próxima estação. O detalhe surge nos recortes e tecidos mais finos, principalmente nos vestidos, dando um toque sofisticado e sexy para as produções. Outra tendência do verão que permanecerá em alta são as flores. Aplicadas ou estampadas, elas enriqueceram as peças nas mais diversas texturas.

O metalizado, talvez, seja o grande hit da estação. Os tons dourados, pratas e cobres voltam a fazer sucesso durante o inverno 2014. Eles serão responsáveis pelo brilho durante os dias mais frios, em vestidos, blusas, saias e calças, podendo ser utilizados em qualquer horário e sem moderação. O couro, sempre presente na temporada, não poderia ficar de fora. Dessa vez, ele está presente em looks inteiros, como os conjuntinhos, em vestidos, jaquetas ou apenas nos detalhes, como por exemplo, nas mangas, em bolsos e recortes.

“Queridinhos da estação”

Os moletons, que já fizeram sucesso na temporada 2013, retornam este ano como uns dos queridinhos da estação. Ele está de volta em versões com textura, mistura de tecidos, estampas e formas arredondadas. Os detalhes metalizados, de brilho, pelo e couro dão um toque sofisticado à peça.

O macacão aparece como peça chave desta temporada. Eles podem ser curtos ou longos, estampados ou em cores neutras, de tecidos nobres ou jeans. As saias e vestidos mais curtos dão lugar às peças de comprimento midi, que ficam aproximadamente na altura dos joelhos. A calça Jogging é a nova peça da temporada, com referências esportivas. E ela vem conquistando o público feminino por serem estilosas, versáteis e caem bem em diversas silhuetas.

O cinza é o novo preto. Ao lado do clássico preto e branco, a cor marcou presença nos desfiles de diversas grifes nas passarelas. Mas isso não quer dizer que a temporada será marcada apenas por tons sóbrios. O vermelho, o azul e o burgundy colorem a estação. As fendas, o jeans, os recortes geométricos, a cintura marcada, as rendas e looks mais “esportivos” também fizeram bonito nos desfiles.

E para os pés? Os sapatos, com aplicações de franjas, correntes e estampas animal, coturnos, ankle boots e as botas estarão em alta. Na maquiagem, a ordem é: menos é mais! Pele natural, boca com tons nudes e um leve blush. Para a noite, você pode abusar do olho preto esfumado.

Carmen Steffans arrasa na coleção Outono-Inverno


carm

Brilho, luxo e glamour. Estas são as propostas para a estação mais fria do ano na Maison Carmen Steffens, no Shopping Jequitibá, em Itabuna. E a coleção Outono-Inverno, por sinal, está de arrasar. Afinal, essa temporada também é a mais charmosa e requintada.

A exposição das belíssimas peças aconteceu no último dia 4 de março, numa noite pra lá de badalada. Modelos vestiram as novas tendências e arrancaram “as” de surpresas e contentamento, sobretudo da mulherada.

A ordem nessa estação é misturar e ousar, acima de tudo. Um “coquetel” de elementos rockers com country, por exemplo, resultou em peças com franjas e metais com banhos de prateado, dourado, bronze e ônix. Simplesmente, fantástico.

E essa combinação de opostos vale até para as cores. Os tons neutros se misturam aos vibrantes como vermelho, verde e azul bic. E o pretinho básico está com tudo também. Ah, o animal print não saiu de moda, não. Muito pelo contrário, o estilo continua em alta.

Além das roupas, a Carmen Steffens inovou as vitrines com bolsas, sapatos e bijuterias. Difícil é resistir a tanta tentação e mais difícil ainda é escolher em meio a tantas beldades. A noite “fashion” foi selada com um delicioso coquetel servido aos convidados.

Os melhores momentos foram registrados por Eraldo Dantas.

De São Paulo para Itacaré, Magna Roque dá show na arte de cortar cabelos


magda

Um dom que se transformou numa verdadeira arte e que tem feito literalmente a cabeça da mulherada (até das mais exigentes) e também dos homens. Estamos falando da mineira Magna Roque, que morou grande parte de sua vida em São Paulo. Estilista em cabelos (hair stylist), ela trouxe para o sul da Bahia toda a sua técnica e experiência adquirida em mais 30 anos de profissão.
E é num “paraíso” chamado Itacaré que a cabeleireira inaugurou recentemente o seu salão de beleza, que ganhou o mesmo nome da empreendedora. O Magna Roque que fica no tradicional, colonial e charmoso Casarão Amarelo.
O carro-chefe, claro, é o corte de cabelos. Isso não significa dizer, contudo, que o salão não ofereça outros serviços. Afinal, o espaço é um lugar de transformação. “Nós cabeleireiros trabalhamos com a autoestima das pessoas e não podemos esquecer disso. Podemos até mudar o destino de uma pessoa através dos cabelos”
O amor pelo que faz está explícito no brilho do olhar da estilista quando ela fala sobre o trabalho. “Não sou apenas cabeleireira, sou criadora e esta é a melhor parte do trabalho, criar e cortar. Criar já é um pouco automático, a gente cria o tempo inteiro, na rua, nos comércios. Eu olho nas pessoas e já vejo tudo que está errado e o que deveria melhorar. Vivo cortando os cabelos das pessoas mentalmente! rs..”.
Magna mudou-se para a Itacaré há cinco anos. Antes, era proprietária de um salão grande na cidade de Caraguatatuba em São Paulo. Em 2004 ela viajou para a Europa,com o objetivo de fazer uma reciclagem. Lá conheceu uma empresária de Itacaré, se tornaram amigas, assim surgiu o convite para Itacaré, onde gerenciou uma pousada, recanto de muitos artistas nacionais e internacionais.
No entanto, após quatro anos, Magna resolveu que era hora de voltar a fazer o que mais amava: cortar cabelos. E surgia aí o salão, que começou em sua casa. “Penso que se o profissional não tiver amor no que faz, ele será apenas mais um em sua área, acho que devemos sempre fazer à diferença em qualquer coisa que nos propomos fazer. Cada cabelo que faço é como se eu estivesse fazendo minha obra prima. Faço pra me agradar, porque sei que quando fico feliz com o resultado a cliente ficará super feliz, porque meu nível de exigência é bem mais alto que o dela”, avaliou.
A nova estrutura foi inaugurada há dois meses, com uma bela recepção regada a um delicioso coquetel e uma boa música ao estilo voz e violão. “Acredito que o dinheiro é apenas a consequência do meu trabalho, não o coloco em primeiro lugar, tem que haver o “Eu adorei” aí sim tenho prazer em cobrar, se acontecer de eu não gostar do resultado eu não cobro, porque não acho justo”.
Muito requisitada, a cabeleireira disse ter conquistado clientes até fora do país. Em Miami, por exemplo, ela já tem uma clientela fiel, que começou com as amigas da filha que vive lá e foi se propagando. “Agora quando chego, muitas vezes tenho rejeitar, porque se não fico só trabalhando”, brinca.

Alem do salão ela faz também algumas apresentações de cortes em alguns eventos para cabeleireiros aqui na região, e pretende fazer alguns workshops de cortes de cabelos, ensinar suas técnicas à outros profissionais porque acredita que conhecimento deve ser passado.

De berço
A paixão de Magna por cabelos pode ter uma explicação. Veio de berço. É que a profissional faz parte de uma família de grandes cabeleireiros do litoral Norte de São Paulo. Tem uma irmã famosa no ramo, dona de dois renomados salões – em São Sebastião e outro em Ilhabela, além de uma empresa voltada apenas para casamentos. Por ter influenciado um novo comportamento nos paulistanos, “fazer casamentos na praia” ela será destaque na revista Vogue do próximo mês.