Segredinhos para unhas bonitas e saudáveis


 

UNHASMuitas são as preocupações e cuidados diários das mulheres com a pele e o cabelo: protetor solar, hidratantes, máscaras caseiras e diversos procedimentos estéticos. Mas, por que também não dar essa atenção especial às unhas? Afinal, a condição delas pode até mesmo indicar que algo está errado com o nosso corpo. Não adianta somente ficar atenta às cores de esmaltes que são destaque da temporada. Confira a seguir algumas dicas para manter a saúde e beleza daquele “detalhe” fundamental na ponta dos dedos.

Apesar da retirada da cutícula ser um hábito entre as mulheres, isso não deve acontecer. Com a sua remoção, a unha fica desprotegida e facilita a entrada de fungos e bactérias. O corte também merece uma atenção. Para evitar o acúmulo de sujeira, as unhas devem ser cortadas e mantidas preferencialmente no formato oval.

Deixar a unha “respirar” é fundamental. Recomenda-se deixá-las sem colorir pelo menos por uma semana no mês. O uso contínuo do esmalte causa ressecamento e o enfraquecimento. Durante esse intervalo, invista na aplicação de hidratantes próprios para evitar o ressecamento. É importante, também, variar as cores na hora da pintura, já que os tons escuros contribuem para que as “garras” fiquem amareladas.

O costume de lixar a parte de cima pode ser prejudicial, pois retira camadas de queratina deixando as unhas mais frágeis e finas. A utilização de acetona também pode tornar mais frágil e quebradiça, por isso, dê preferência aos removedores de esmalte. Para as unhas fracas, o óleo fortalecedor pode ser uma solução. Ele deve ser passado antes do esmalte para que fique em contato direto com a superfície.

Todos essas dicas, aliadas a uma alimentação balanceada, podem garantir a saúde de suas unhas. Vale ressaltar que, assim como acontece com a pele e o cabelo, no verão, os cuidados devem ser redobrados. Já que o calor pode deixá-las mais fracas e quebradiças. (Fontes: Portal da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Site M de Mulher).

Salões apontam efeitos negativos da água salgada sobre cabelos em Itabuna


01-galeria-cabelo-crespo-30-11-2015-istock-meu-crespo-08
A água salgada compromete o viço das madeixas (Foto: Ilustrativa)

Se fôssemos enumerar as principais preocupações de uma mulher em relação à aparência, certamente o cabelo estaria nas primeiras posições. Todas querem ter madeixas macias, brilhantes e bem cuidadas, não é? O que fazer, então, se a água do chuveiro cai salgada, como acontece neste momento em Itabuna? Que tipo de efeitos a salinidade provoca nos fios?

Para Josefa do Carmo Melo de Santana, do salão Jô Cabeleireira, o resultado não é bom. “O cabelo fica pesado, opaco, sem vida; nem se compara com o efeito da água normal. Algumas clientes estão se queixando, também, de queda”, descreveu.

A mesma posição é compartilhada pela empresária Livana Fontes, uma das sócias do salão Biboca Cabeleireiros. “As consequências não só para os cabelos são as piores possíveis. A água salgada dá muito peso, a raiz extremamente oleosa. Além de modificar o PH do couro cabeludo e do fio, altera a cor, tira a umidade … portanto, resseca!”, apontou.

Alternativa em casa

Perguntamos às duas profissionais como minimizar tais efeitos negativos, já que grande parte das pessoas não tem condições de adquirir água mineral exclusivamente para a lavagem das madeixas. “A alternativa que eu sugiro é que, pelo menos, enxague com água doce ao retirar a hidratação e o condicionador”, recomendou Jô.

Na mesma linha, uma opção encontrada por Livana é o uso da água da chuva para enxaguar os fios. Aliás, tal tipo de captação está sendo visto como medida de uso racional, sobretudo nestes tempos de escassez.

Desconto no salão

Para Jô, que tem um salão no bairro Fátima, os prejuízos decorrentes da falta de água já são grandes. Como está sem abastecimento há quase 30 dias, decidiu comprar alguns litros, para manter o estabelecimento funcionando e não perder ainda mais clientes. Além disso, oferece descontos de 5% a 10%, a depender do serviço, para quem já vai com o cabelo lavado ou quem leva sua própria água.

Já o salão “Biboca” utiliza água de poço como saída para o desabastecimento na cidade. “Não tivemos prejuízo algum por causa disto, a não ser pela conta altíssima apresentada pela Emasa!”, criticou.

 

Mari Antunes revela cinco segredos da boa forma


 

Quem vê a dona daquela voz de timbre grave e impecável cantando e dançando em quase 2 horas de show, não imagina a preparação que a musa itabunense enfrenta para empolgar o público com todo seu gingado e suingue. Mari Antunes, vocalista do Babado Novo, conta aqui cinco segredos para manter a boa forma em cima dos palcos. E olha, só a agenda de shows e viagens é uma maratona por si.

Como a dança é uma característica marcante das apresentações, ela é, sem dúvida, o primeiro ingrediente dessa receita de sucesso. “Perco muitas calorias por shows, nunca fiz a conta para saber exatamente, mas me movimento o tempo todo. Gosto de ver meus grudinhos empolgados comigo”, conta.

Naturalmente para ter toda essa energia nos palcos, Mari tem um cardápio especial de pré-show. Não podem faltar frutas, batata doce, aipim, banana com mel, castanhas e alguma proteína como frango. A morena conta que costuma levar as famosas lancheiras para a estrada para garantir a manutenção da dieta. E, por muitas vezes, quando está há muitos dias viajando, pede para alguém da equipe procurar o mercadinho mais próximo para reabastecer.

Por falar em estrada, para garantir a malhação, itens fundamentais da mala são: tênis, roupa apropriadas para malhar e corda. Isso mesmo! Mari sempre leva o equipamento. “Dessa forma não tem desculpas, se a academia do hotel está fechada é no quarto mesmo que faço meus exercícios”, avisa a morena, em contato com Bellas.

exercício funcional é outro aliado da cantora. “Esteticamente me deixa mais ‘sequinha’, mas o objetivo mesmo é me dar fôlego, ajudar na respiração e no condicionamento físico para o show, revela Mari que conta com ajuda de um personal na escolha, intensidade e dinâmica dos exercícios.

Por último, a vocalista diz que prioriza o suco verde todos os dias no café da manhã e vai nos contar a receita que usa:

2 folhas de couve

1 fatia de abacaxi

1 fatia de melão

2cm de gengibre

Água ou água de côco

 

Glamour no lançamento da nova coleção Carmen Steffens em Itabuna


 

 

Por Betânia Macedo

 

O branco veio reinando na coleção Outono Inverno da Carmen Steffens. Aí, ficou fácil combinar com o preto, dourado, azul, fúcsia e vermelho.  E aquela cor que combina com tudo? Ela está de volta: caramelo.

Todas essas novidades estão nas lojas da Carmen do Shopping Jequitibá, em Itabuna. Foi lá que no dia 3 de março Liane Silveira, Jaqueline Silveira e Carol Badaró receberam convidados para um coquetel de lançamento da nova coleção, que está demais!

Calçados, bolsas, acessórios, itens com a qualidade Carmen Steffens, também encantaram a mulherada! Continuam em alta: gladiadora, franja, animal print.

Buffet: Evelyn Bittar; fotografia, Yago Mesquita; Assessoria, BeA.

 

 

 

 

 

 

 

Noite de autógrafos no lançamento da nova coleção da Forum em Itabuna


A nova coleção da Forum se manifesta de forma envolvente e instiga uma vontade incontrolável de ir além, de ver o mundo, de sair do lugar comum. Em uma viagem irresistível, a marca absorve as cores cosmopolitas e as tendências ultracoool das cidades mais estilosas do mundo, inspirando looks provocantes que passeiam em direção ao novo.

Em Itabuna, sul da Bahia, a loja da Forum fica no Shopping Jequitibá. Personalidades itabunenses foram lá prestigiar o evento, sendo recebidas pelo casal Otto Silva Costa Júnior e Giselle Lacerda Abreu, donos da franquia.

essa
O coquetel de lançamento da nova coleção da loja Forum, em Itabuna, foi bastante prestigiado

 

 

 

 

 

 

 

Tudo novo na Brilhu´s


briljA loja Brilhu’s, cuja matriz fica na Praça Olinto Leoni, no Centro de Itabuna, inaugurou suas novas instalações com um belo coquetel.
A loja é o lugar ideal para quem costuma dar um toque especial em sua aparência, com bijuterias, bolsas e acessórios de qualidade. Os produtos da Brilhu’s são sinônimo de beleza e elegância.
A loja, reinaugurada em dezembro, está mais ampla, mais aconchegante, mais bonita. Um charme, graças ao trabalho da decoradora Giovana Rebli.
O coquetel de reinauguração despertou a atenção de muitos clientes da loja. A Brilhu’s mantém, ainda, uma filial na rua Ruy Barbosa. Todos foram carinhosamente recepcionados pelo casal Roberto Fontes Pina e sua esposa Cinzia Kelly, proprietários.
Eles não abrem mão do “feeling” da empresária Marly Fontes, que colabora com toques de extremo bom gosto no charme da loja. Vale lembrar que ela é mãe de Roberto e demonstra orgulho pelo sucesso do empreendimento.

Fotos Fábio Pinto (Site Nazoera)

Sofisticação e sensualidade prometem marcar moda outono-inverno


A estação mais quente do ano está chegando ao fim e as vitrines já começam a se modificar. Croppeds, biquínis e shortinhos vão perdendo espaço para os moletons, botas e jaquetas. Prepara-se para ousar nesta temporada outono-inverno.

Muito utilizada durante o verão, a transparência segue em alta para a próxima estação. O detalhe surge nos recortes e tecidos mais finos, principalmente nos vestidos, dando um toque sofisticado e sexy para as produções. Outra tendência do verão que permanecerá em alta são as flores. Aplicadas ou estampadas, elas enriqueceram as peças nas mais diversas texturas.

O metalizado, talvez, seja o grande hit da estação. Os tons dourados, pratas e cobres voltam a fazer sucesso durante o inverno 2014. Eles serão responsáveis pelo brilho durante os dias mais frios, em vestidos, blusas, saias e calças, podendo ser utilizados em qualquer horário e sem moderação. O couro, sempre presente na temporada, não poderia ficar de fora. Dessa vez, ele está presente em looks inteiros, como os conjuntinhos, em vestidos, jaquetas ou apenas nos detalhes, como por exemplo, nas mangas, em bolsos e recortes.

“Queridinhos da estação”

Os moletons, que já fizeram sucesso na temporada 2013, retornam este ano como uns dos queridinhos da estação. Ele está de volta em versões com textura, mistura de tecidos, estampas e formas arredondadas. Os detalhes metalizados, de brilho, pelo e couro dão um toque sofisticado à peça.

O macacão aparece como peça chave desta temporada. Eles podem ser curtos ou longos, estampados ou em cores neutras, de tecidos nobres ou jeans. As saias e vestidos mais curtos dão lugar às peças de comprimento midi, que ficam aproximadamente na altura dos joelhos. A calça Jogging é a nova peça da temporada, com referências esportivas. E ela vem conquistando o público feminino por serem estilosas, versáteis e caem bem em diversas silhuetas.

O cinza é o novo preto. Ao lado do clássico preto e branco, a cor marcou presença nos desfiles de diversas grifes nas passarelas. Mas isso não quer dizer que a temporada será marcada apenas por tons sóbrios. O vermelho, o azul e o burgundy colorem a estação. As fendas, o jeans, os recortes geométricos, a cintura marcada, as rendas e looks mais “esportivos” também fizeram bonito nos desfiles.

E para os pés? Os sapatos, com aplicações de franjas, correntes e estampas animal, coturnos, ankle boots e as botas estarão em alta. Na maquiagem, a ordem é: menos é mais! Pele natural, boca com tons nudes e um leve blush. Para a noite, você pode abusar do olho preto esfumado.

Carmen Steffans arrasa na coleção Outono-Inverno


carm

Brilho, luxo e glamour. Estas são as propostas para a estação mais fria do ano na Maison Carmen Steffens, no Shopping Jequitibá, em Itabuna. E a coleção Outono-Inverno, por sinal, está de arrasar. Afinal, essa temporada também é a mais charmosa e requintada.

A exposição das belíssimas peças aconteceu no último dia 4 de março, numa noite pra lá de badalada. Modelos vestiram as novas tendências e arrancaram “as” de surpresas e contentamento, sobretudo da mulherada.

A ordem nessa estação é misturar e ousar, acima de tudo. Um “coquetel” de elementos rockers com country, por exemplo, resultou em peças com franjas e metais com banhos de prateado, dourado, bronze e ônix. Simplesmente, fantástico.

E essa combinação de opostos vale até para as cores. Os tons neutros se misturam aos vibrantes como vermelho, verde e azul bic. E o pretinho básico está com tudo também. Ah, o animal print não saiu de moda, não. Muito pelo contrário, o estilo continua em alta.

Além das roupas, a Carmen Steffens inovou as vitrines com bolsas, sapatos e bijuterias. Difícil é resistir a tanta tentação e mais difícil ainda é escolher em meio a tantas beldades. A noite “fashion” foi selada com um delicioso coquetel servido aos convidados.

Os melhores momentos foram registrados por Eraldo Dantas.

De São Paulo para Itacaré, Magna Roque dá show na arte de cortar cabelos


magda

Um dom que se transformou numa verdadeira arte e que tem feito literalmente a cabeça da mulherada (até das mais exigentes) e também dos homens. Estamos falando da mineira Magna Roque, que morou grande parte de sua vida em São Paulo. Estilista em cabelos (hair stylist), ela trouxe para o sul da Bahia toda a sua técnica e experiência adquirida em mais 30 anos de profissão.
E é num “paraíso” chamado Itacaré que a cabeleireira inaugurou recentemente o seu salão de beleza, que ganhou o mesmo nome da empreendedora. O Magna Roque que fica no tradicional, colonial e charmoso Casarão Amarelo.
O carro-chefe, claro, é o corte de cabelos. Isso não significa dizer, contudo, que o salão não ofereça outros serviços. Afinal, o espaço é um lugar de transformação. “Nós cabeleireiros trabalhamos com a autoestima das pessoas e não podemos esquecer disso. Podemos até mudar o destino de uma pessoa através dos cabelos”
O amor pelo que faz está explícito no brilho do olhar da estilista quando ela fala sobre o trabalho. “Não sou apenas cabeleireira, sou criadora e esta é a melhor parte do trabalho, criar e cortar. Criar já é um pouco automático, a gente cria o tempo inteiro, na rua, nos comércios. Eu olho nas pessoas e já vejo tudo que está errado e o que deveria melhorar. Vivo cortando os cabelos das pessoas mentalmente! rs..”.
Magna mudou-se para a Itacaré há cinco anos. Antes, era proprietária de um salão grande na cidade de Caraguatatuba em São Paulo. Em 2004 ela viajou para a Europa,com o objetivo de fazer uma reciclagem. Lá conheceu uma empresária de Itacaré, se tornaram amigas, assim surgiu o convite para Itacaré, onde gerenciou uma pousada, recanto de muitos artistas nacionais e internacionais.
No entanto, após quatro anos, Magna resolveu que era hora de voltar a fazer o que mais amava: cortar cabelos. E surgia aí o salão, que começou em sua casa. “Penso que se o profissional não tiver amor no que faz, ele será apenas mais um em sua área, acho que devemos sempre fazer à diferença em qualquer coisa que nos propomos fazer. Cada cabelo que faço é como se eu estivesse fazendo minha obra prima. Faço pra me agradar, porque sei que quando fico feliz com o resultado a cliente ficará super feliz, porque meu nível de exigência é bem mais alto que o dela”, avaliou.
A nova estrutura foi inaugurada há dois meses, com uma bela recepção regada a um delicioso coquetel e uma boa música ao estilo voz e violão. “Acredito que o dinheiro é apenas a consequência do meu trabalho, não o coloco em primeiro lugar, tem que haver o “Eu adorei” aí sim tenho prazer em cobrar, se acontecer de eu não gostar do resultado eu não cobro, porque não acho justo”.
Muito requisitada, a cabeleireira disse ter conquistado clientes até fora do país. Em Miami, por exemplo, ela já tem uma clientela fiel, que começou com as amigas da filha que vive lá e foi se propagando. “Agora quando chego, muitas vezes tenho rejeitar, porque se não fico só trabalhando”, brinca.

Alem do salão ela faz também algumas apresentações de cortes em alguns eventos para cabeleireiros aqui na região, e pretende fazer alguns workshops de cortes de cabelos, ensinar suas técnicas à outros profissionais porque acredita que conhecimento deve ser passado.

De berço
A paixão de Magna por cabelos pode ter uma explicação. Veio de berço. É que a profissional faz parte de uma família de grandes cabeleireiros do litoral Norte de São Paulo. Tem uma irmã famosa no ramo, dona de dois renomados salões – em São Sebastião e outro em Ilhabela, além de uma empresa voltada apenas para casamentos. Por ter influenciado um novo comportamento nos paulistanos, “fazer casamentos na praia” ela será destaque na revista Vogue do próximo mês.