Prefeitura e FICC promovem o II Circuito da Cultura Afro de Itabuna


Novembro é considerado o mês da Consciência Negra. Com base nisso, a Prefeitura de Itabuna, por meio da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) e da Secretaria Municipal da Educação (SEDUC), vai promover o II Circuito da Cultura AFRO de Itabuna.
O evento acontecerá entre os dias 18, 19, 20 e 26 deste mês em parceria com a Setorial de Cultura Afro do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Itabuna  (CMPCI), Movimento Beleza Negra e Associação do Culto Afro Itabunense (ACAI).
As atividades serão iniciadas no dia 18 com a realização Caminhada em Reverência a Zumbi e Dandara, com concentração no Jardim do Ó às 14 horas. No dia 19, acontece o Concurso Beleza Negra na Rua Manoel Carmo, nº 110, Bairro Conceição, mediante a entrega de 2 Kg de alimentos.
Não-perecíveis.
Para o dia 20, às 15 horas, está programada a Vigília em reverência a Zumbi dos Palmares, com ponto de encontro no Monumento de Zumbi dos Palmares, na Avenida Princesa Isabel, no Banco Raso.
Já no dia 26, entre 14 e 18 horas, será promovido um encontro de diálogos sobre políticas públicas para os povos de comunidades tradicionais de matriz africana  no Ponto de Cultura (ACAI)  Rua da Inglaterra, nº 497, Bairro São Judas Tadeu.
A data de 20 de novembro é o Dia Nacional da Consciência Negra e celebra a luta histórica de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, na Serra da Barriga, em Alagoas, considerado um dos maiores símbolos de luta e resistência. Com o projeto, a Prefeitura e as instituições participantes pretendem dar visibilidade às causas e ações da comunidade afrodescendente no município.
Além disso, realçar a importância de Zumbi dos Palmares para as lutas de combate ao racismo, à intolerância e discriminação do povo negro. A ação também tem como objetivo promover o intercâmbio de informações para agentes públicos e sociais com a finalidade de implantar políticas públicas de educação étnico-racial e contribuir para o primeiro Plano Municipal de Cultura de Itabuna.
O evento pretende ainda, incentivar a inserção dos agentes culturais no Cadastro de Culturas e Turismo de Itabuna (CADCULTI) e reunir educadores, estudantes, artistas, ativistas do movimento negro, etc.
Para a diretora de Planejamento da FICC, Bruna Setenta, o projeto é muito importante para a cidade. “Promover ações que corroborem com os anseios da comunidade de matriz africana em nossa região é requisito de atenção do setor da Cultura do município, a fim de contribuir com o processo de reconstrução e ressignificação de conceitos e contextos de valorização identitária do povo negro e de combater as práticas de racismo, intolerância e discriminação”, pontuou.

Ryane Leão, Bráulio Bessa, Allan Dias de Castro e Matheus Rocha falam de poesia na Bienal do Livro Bahia


“Os Poemas Salvam o Dia”. Esse é o título da mesa de debate em que estarão presentes Ryane Leão, Allan Dias, Bráulio Bessa e Matheus Rocha, no próximo dia 13 de novembro, na Arena Jovem, um dos espaços da Bienal do Livro Bahia, patrocinado pela Colgate. Eles debaterão sobre a importância da poesia e o uso das redes sociais para ganhar novos leitores e resgatar o interesse por esse gênero literário. Além disso, a conversa também girará em t

Ryane Leão, uma das convidadas da mesa, é poeta e best-seller de duas obras: “Tudo nela Brilha e Queima”, que foi o seu primeiro livro, lançado em 2017, e “Jamais Peço Desculpas por me Derramar”, de 2019. Também em 2019, ela fundou a Odara – English School for Black Girls, que é uma escola de inglês voltada para a população negra, e segue publicando os seus escritos na página “Onde Jazz Meu Coração”.

Além dela, o poeta, compositor e escritor Allan Dias de Castro (foto) também estará no painel. Seu primeiro livro foi escrito em 2014, com o título “O Zé-Ninguém”. Em 2019, publicou “A Voz ao Verbo”, que deu origem ao projeto homônimo de poesia falada pela internet, que gerou grande  identificação com o público e ultrapassou a marca de 100 milhões de visualizações nas redes sociais.

Já Bráulio Bessa (foto) que também é poeta, nasceu em Alto Santo, no Ceará, e ganhou fama nacional em 2015, quando iniciou sua participação no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Rede Globo, para divulgar a cultura Nordestina, a poesia e o cordel. Ele é autor dos livros “Poesia com Rapadura” (2017), “Poesia que transforma” (2018), “Recomece” (2018) e “Um carinho na Alma” (2019).

À frente da mediação, está o escritor baiano Matheus Rocha. Ele é jornalista e sua experiência com textos de amor na internet começou em 2012, quando fundou o “Neologismo”, que inicialmente foi um Tumblr, depois virou fanpage do Facebook, blog e, hoje, passeia também pelo Instagram e pelo Twitter, reunindo mais de 1 milhão de seguidores. No seus contos, Matheus fala sobre amor, mas também sobre amizade, sonhos e vida.

Colégio Vitória cria comissão para promover educação antirracista


“É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança”. A sabedoria do provérbio africano revela como o senso de comunidade é importante para as relações humanas. Inspirado nessa tradição, o Colégio Vitória definiu, esta semana, em sua comunidade escolar, o marco de um processo fundamental para uma instituição humanista: criou uma comissão que vai promover estratégias e práticas para consolidação de uma educação antirracista.

“Nós compreendemos a escola como reflexo, espelho e continuidade da sociedade. Então, é lógico que esse seja um espaço de diversidade e, por isso, escolhemos começar o diálogo a partir da questões étnico-raciais pela representatividade, já que a Bahia é um estado de maioria de população negra, além dos indígenas que têm uma importância histórica na formação do povo brasileiro”, destaca a diretora Ana Melo, a respeito da iniciativa.

*Manual antirracista*

Na noite de terça-feira (20), uma reunião entre direção, professores, alunos e funcionários criou a comissão e iniciou a discussão para elaboração de um manual antirracista e adaptações no currículo para contemplar as exigências da Lei 10.639/03, que regulamenta o ensino antirracista e torna obrigatório o ensino da história e cultura africana e afro-brasileira. A comissão é coordenada pela educadora Elisa Oliveira, responsável pela área de Filosofia no Colégio Vitória.

Com base em estratégias organizacionais, curriculares e pedagógicas, serão reguladas ações, práticas, escrita de documentos oficiais escolares e formação de educadores, pautadas em uma nova forma de educar que ensine o respeito ao outro, à diversidade, a prática da igualdade racial e a necessidade de combater o preconceito e a discriminação.

Uma das propostas é trabalhar a autoestima das crianças negras, do ponto de vista físico, emocional e intelectual. Também será criado um grupo para compartilhamento de material e haverá maior atenção aos casos relatados.
.

TV Santa Cruz recebe inscrições para o Projeto Lápis na Mão


Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da educação e cidadania nas regiões sul e extremo sul da Bahia, o projeto “Lápis na Mão”, que é parte do calendário pedagógico das escolas da localidade, está com inscrições abertas. Leitura, música, contação de histórias e aulões de redação fazem parte das ações que compõem a iniciativa.

Com o tema “Leituras e Artes: inclusão para a vida”, o concurso de redação, desenho e contadores de história está com inscrições abertas até o dia 10 de outubro. Nessa primeira etapa, as escolas públicas e privadas participantes devem enviar os trabalhos, juntamente com a ficha de inscrição, na sede da TV Santa Cruz, em Itabuna. Há também a opção de envio para o e-mail [email protected] e dos vídeos por whatsApp, no número (73) 9.9997-1606.

Podem participar estudantes da rede pública e privada da região sul e extremo sul, matriculados nos Ensinos Infantil, Fundamental I e II; Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA), além das pessoas 65+. Os formulários de Inscrição e regulamento estão disponíveis no site www.projetolapisnamao.com.br, onde os participantes terão acesso a todas as informações sobre o concurso. O resultado da primeira etapa será divulgado no dia 31 de outubro.

O Lápis na Mão 2022 tem a realização da TV Santa Cruz, com o patrocínio da SICOOB COOPEC, Prefeitura Municipal de Ilhéus, Suzano e da Faculdade Santo Agostinho (FASA); além do apoio da e Bahia FM Sul e da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) que fará toda a correção dos trabalhos inscritos.

Chá de Tortas beneficente reverterá renda para compra de cozinha industrial


Fraternidade Nossa Senhora da Aurora, em Ilhéus, realizará um Chá de Tortas com renda revertida à compra de uma cozinha industrial para ampliar a ação junto às famílias pobres beneficiadas pelo instituto com distribuição de sopão, cestas básicas, além de roupas, material escolar e brinquedos para crianças de áreas como o Aterro do Itariri (lixão).

O evento acontecerá no dia 24 de setembro, a partir das 17h, no Centro de Convenções com show musical da Serva Edite de Maria, fundadora da fraternidade. Informações sobre a compra antecipada de ingressos com Irmã Andressa no fone (zap) *73 9 9853-7841*.

Para quem quiser visitar a instituição e fazer doações o endereço é Travessa Nossa Senhora Aparecida, 325 Novo Ilhéus / Iguape.

Formando no Bolshoi, itabunense busca apoio para ir aos Estados Unidos


O jovem Jadeson Santos Reis tornou-se conhecido em Itabuna, quando conquistou uma vaga para estudar no Ballet Bolshoi, em Santa Catarina. Vindo do bairro Fonseca, fazia parte do então projeto Viv-ar-t e tinha nove anos. Hoje, aos 17, o garoto está concluindo o curso no sul do país e foi convidado para estudar no “Miami City Ballet School”, nos Estados Unidos. “Irei ingressar no mês de setembro, no lugar que sempre esteve em meus planos”, revela.

Abraçando a oportunidade, o bailarino itabunense conta com o apoio dos conterrâneos e de todos que acompanham a trajetória dele. Uma vaquinha virtual foi montada, como caminho para obter recursos e manter-se no país vizinho. Quem quiser colaborar pode acessar este endereço.

“Sou grato a todos que me ajudaram a chegar aqui; através dessa vakinha, venho pedir uma ajuda a vocês. Essa é uma oportunidade muito boa e quero aproveitar ao máximo. Preciso arcar com algumas despesas, que infelizmente eu e minha família não temos muitas condições. Venho aqui encarecidamente pedir a ajuda de vocês, para a realização deste sonho. Gratidão”, conclama o jovem dançarino.

Ganhadora nacional do Prêmio Mulher de Negócios destaca oportunidade de compartilhar a própria história


Há 19 anos, o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios reconhece histórias de empreendedoras que inspiram e busca incentivar e contribuir para a profissionalização do empreendedorismo feminino. Em 2017, a vencedora nacional foi a empresária de Itacaré, Cida Aguilar, na categoria Pequenos Negócios.

Cida concorreu com outras 27 empresárias de todo país. Ela destaca o reconhecimento e a oportunidade de incentivar outras mulheres por meio de sua história. “Além de reconhecimento oficial, que honrou a minha trajetória, pude contar a minha história e inspirar outras mulheres a seguir um caminho empreendedor com profissionalismo”, conta.

A empresária revelou que, desde criança, sempre gostou de desafios. Cida já atuou como vendedora de roupas e automóveis, e consolidou seu próprio negócio, junto com o companheiro, no ramo da hotelaria com a Pousada Ecológica Pedra Torta, localizada em Itacaré. Ela revelou ainda que sempre buscou a consultoria e apoio do Sebrae.

Fomos pioneiros na cidade com as parcerias do Senac e Sebrae. Fizemos cursos na área de marketing, alimentos seguros, atendimento a clientes, entre outros. Temos uma gestão muito organizada, com missão, visão e valores definidos. Trabalhamos com um serviço de qualidade e valorizamos as pessoas. Não é fácil empreender no Brasil, sobretudo quando buscamos implementar um modelo de excelência. É mais desafiante ainda, contou.

Inscrições abertas
O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2022 prorrogou as inscrições até o dia 31 de julho. Podem participar, gratuitamente, mulheres de todo o Estado maiores de 18 anos, proprietárias de pequenos negócios, microempresas ou microempreendedoras individuais (MEI) e produtoras rurais que possuam inscrição estadual de produtor, número do Imóvel Rural na Receita Federal (NIRF) ou declaração de aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) ou que explorem atividade pesqueira e possuam registro no Ministério da Pesca.

As inscrições podem ser feitas por esse link. A competição tem um histórico de grandes aprendizados e trocas de conhecimento entre mulheres do todo o Brasil. Além das premiações, que incluem capacitações, viagens, tablets, celulares, divulgações, mentorias e networking, as histórias podem inspirar diversas outras mulheres a entrarem para o mundo do empreendedorismo.

 

Shopping Jequitibá mantem pelo quarto ano consecutivo o grau A no ranking da Agência S&P


O Shopping Jequitibá em Itabuna manteve pelo quarto ano consecutivo o grau A emitido pela agência S&P Global Ratings Brasil, subsidiária da S&P Global Ratings, empresa americana com sede em Manhattan, Nova York. A S&P é uma das mais conceituadas empresas do mundo na área de informações e análises financeiras.

A manutenção do rating *br A*, é um reconhecimento à eficiente estruturação do capital, condizente a operação do negócio, como também, coroa a gestão eficaz, transparente e estreita com seus investidores. Ela representa uma alta capacidade dos lojistas em honra seus pagamentos, o compromisso da administração do shopping na seletiva análise da qualidade de crédito que consequentemente, proporciona a capacidade de honrar seus compromissos no curto e longo prazo, posicionando-se como um empreendimento atrativo para novos investimentos.

Ao completar 22 anos em maio/22, está credencial permitirá o shopping passa por um permanente processo de atualização e modernização, com a inauguração de novas lojas e a ampliação do mix de comércio, serviços, lazer-entretenimento, gastronomia e saúde.

De acordo com o diretor do Shopping Jequitibá, Manoel Chaves Neto, todos steakholders estão de parabéns pela entrega, pois estamos ali representando o Sul da Bahia. Esta conquista é de extrema importância para nós, pois significa a capacidade de pagamento dos nossos lojistas, que proporcionam a gestão e a capacidade da empresa para honrar seus compromissos”.

“Mais transparência, mais pontualidade, mais crédito, menor custo, mais prazo, melhor estruturação de capital para investimentos de longo prazo, proporcionado mais emprego e renda para nossa região. Simples assim. Nessa pegada que pretendemos seguir com a evolução de investimentos na região”.

Centro Cultural Teosópolis promove noite de autógrafos de autores regionais


O Centro Cultural Teosópolis promove, no dia 15 de julho, às 18h30, uma noite de autógrafos com obras de sete autores. O evento Obra & Autógrafos tem o apoio da editora Via Litterarum e da Academia de Letras de Itabuna, acontece na sede do Centro Cultural Cacilda Lourenço Silva localizado na Rua C, 298, Praça dos Eucaliptos, no bairro da Conceição, em Itabuna.

Charles Sá
Bira Lima
Leila Oliveiras
Maria Passos de Souza
Albione Souza Silva
Sérgio Machado

Os autores Charles Sá, Bira Lima, Mariana Souza, Albione Souza Silva, Leila Oliveiras, Sérgio Machado e Egnaldo França receberão o público para autografar suas obras. A professora Janete Ruiz Macedo, do Centro de Documentação e Memória Regional (Cedoc) da Uesc e curadora do espaço, informa que é primeiro evento do gênero organizado pelo espaço que busca promover e resgatar a cultura grapiúna.

O escritor Albione Souza e Silva autografa sua obra Os Despossuídos da Terra. O autor Bira Lima fará o lançamento do seu libro Kúesis, a escritora Leila Oliveira apresenta e autografa o seu livro infantil Asas. Autor de cinco livros, Charles Sá autografa as obras no campo da história Festas, Bahia Pombalina, O Sagrado no Tempo, Mundos Coloniais e História e Literatura.

Já Sérgio Machado que além de escritor é advogado autografa o livro Olhos de Deus. A trilogia A Lição do Mago será autografado pela escritora Mariana Souza, enquanto Egnaldo França apresenta a obra Sabor de Poeta.

Janete Macedo ressalta que o evento busca a promoção da arte e fomentar a cultura regional e incentivar a leitura das obras de autores regionais. “Queremos promover nossos autores e incentivar a leitura “, pontua a educadora.

Gacc Sul Bahia mais uma vez no McDia Feliz


O Grupo de Apoio à Criança com Câncer Sul Bahia iniciou a venda antecipada dos tickets da 34ª edição do McDia Feliz, uma das maiores campanhas de mobilização em prol da saúde e educação de crianças e jovens do Brasil. Em 2022 a ação vai acontecer no dia 27 de agosto (sábado), com a venda de tickets antecipados do sanduiche Big Mac já disponíveis no valor de R$ 18,00 para venda física com os voluntários das instituições e com a equipe de comunicação através do número 73 99114-0758.

“Estamos muito felizes por manter mais um ano a parceria com o Instituto Ronald McDonald. E, esperamos também, mais uma vez, firmar parceria com todos os nossos parceiros local para que possamos realizar uma campanha estruturada, abrangendo mais pessoas e consequentemente beneficiando mais crianças em tratamento”, declarou o diretor executivo do GACC, Marcus Vinicius Rodrigues.

Neste ano, a 34ª edição do McDia Feliz vai beneficiar mais de 60 projetos de mais de 50 instituições que atuam na oncologia pediátrica no Brasil. A lista foi anunciada pelo Instituto Ronald McDonald, organização sem fins lucrativos que há mais de 23 anos atua para aumentar as chances de cura da doença, promovendo a saúde e bem-estar de crianças e adolescentes no país.

“O câncer ainda é a doença que mais mata na faixa etária de 1 a 19 anos no Brasil, com o surgimento de um novo caso a cada hora (dados do Instituto Nacional de Câncer – Inca). Por isso, precisamos da união e da solidariedade de todos para que possamos mudar essa realidade e levar esperança para milhares de crianças, adolescentes e suas famílias em todo o Brasil”, destaca Bianca Provedel, Diretora Executiva do Instituto Ronald McDonald.

Sobre o McDia Feliz

O McDia Feliz é o principal evento beneficente do McDonald’s e, atualmente, é uma das maiores mobilizações em prol de crianças e adolescentes no Brasil. A campanha é realizada no país desde 1988, gerando recursos para as instituições apoiadas pelo Instituto Ronald McDonald, que atuam para proporcionar mais saúde e qualidade de vida a crianças e adolescentes com câncer. Em 2018, o projeto ampliou seu impacto para beneficiar outra causa de grande importância para o país, a Educação, contribuindo para as ações do Instituto Ayrton Senna. Desde sua primeira edição, mais de R$ 360 milhões já foram arrecadados pelo McDia Feliz.

Sobre o GACC Sul Bahia

Fundado em 06 de outubro de 1996, o GACC Sul Bahia, é uma instituição sem fins lucrativos, reconhecida como utilidade pública municipal, estadual e federal, inscrita no Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho Estadual de Assistência Social e Conselho Nacional de Assistência Social. Participa da União Norte/Nordeste de Entidades de Apoio à Criança com Câncer e é filiada ao CONIACC.

O GACC Sul Bahia é especialmente direcionado ao atendimento de famílias de baixa renda, com a finalidade de garantir o direito ao tratamento do câncer com melhor qualidade de vida, atendendo crianças e adolescentes residentes do interior do estado da Bahia, abrangendo as áreas da região sul, extremo sul, sudoeste e oeste baiano.