Jatinhos levam muitos turistas a Trancoso


 
 Aeroporto de Trancoso apresenta 'congestionamento' de jatinhos
Trancoso é um lugar muito buscado por algumas das principais celebridades do Brasil. Foto: Reprodução / Redes sociais
Um aeroporto particular do destino turístico Trancoso, distrito de Porto Seguro, extremo sul da Bahia, apresentou um congestionamento de jatinhos particulares nesta sexta-feira (29).

Pousos e decolagem no aeroporto TerraVista é de 30 minutos. A previsão é que o equipamento particular receba 1.300 passageiros até o dia 6 de janeiro. O Aeroporto Internacional de Porto Seguro aguarda receber 37.350, em 249 pousos. (Do Ibahia)

Ilhéus programa queima de fogos na Praia do Cristo


Ilhéus vai dar as boas-vindas a 2024 com uma grande queima de fogos. A Prefeitura realizará o show pirotécnico na Praia do Cristo, a partir da meia-noite do primeiro dia do ano novo, iluminando toda a Baía do Pontal, a Ponte Jorge Amado e os arredores.

O município despontou como um dos destinos mais procurados pelos turistas brasileiros, de acordo com sites de viagens. Além disso, a cidade registra 100% de taxa de ocupação da rede hoteleira. Beleza, grandiosidade e alegria. Tudo para refletir a felicidade dos ilheenses e de todos que chegam à Terra do Cacau para curtir a alta estação no maior litoral da Bahia.

Show de Aline Barros arrasta multidão no encerramento do “Celebra Itabuna”


Louvor e adoração marcaram a última noite do Celebra Itabuna na quinta-feira, dia 28. O evento realizado pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania lotou a Arena Zé Cachoeira, no Banco Raso.

O público ficou aglomerado em frente ao palco para assistir ao show da cantora Aline Barros, mas que emocionou quem foi a Arena. “Será um momento muito especial com louvores que marcaram a vida das pessoas. Tenho certeza que o Espírito Santo age com liberdade”, disse a cantora.

A estudante Flávia Cauane Costa foi ao Celebra só para ver a cantora. “Pra mim é uma emoção muito grande assistir a esse show. É uma oportunidade única”, falou.

O presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Aldo Rebouças, afirmou que só na primeira noite 15 mil pessoas foram à Arena Zé Cachoeira.” Estamos muito felizes porque conseguimos reunir várias comunidades em projeto novo. Além de abrir espaço para artistas que nunca se apresentaram em festa dessa magnitude”, comemorou.

O secretário de Governo, Rosivaldo Pinheiro, destacou o empenho da gestão do prefeito Augusto Castro (PSD) na realização da festa pelo segundo ano. “É um momento de confraternização entre as famílias. Cada vez mais o turismo religioso cresce e é de grande importância para a economia. Além disso, o Celebra traz uma perspectiva de unir a cidade” disse.

A última noite teve ainda a apresentação da banda Shalom, que tem 32 anos de carreira. “É sempre um frio na barriga, mas será benção de Deus esse Celebra”, disse um dos músicos. Já o vocalista o vocalista da banda itabunense, Novo Coração levou um axé gospel ao público.

“Foi nossa primeira vez no Celebra e estamos gratos pela oportunidade”, ressaltou o vocalista Rodrigo Santos. A noite também foi de estreia para a cantora Aidimes Aquino, que cantou louvores autorais no evento. “É uma alegria muito grande estar aqui. Fazemos muitos shows fora, mas está na nossa cidade é o melhor” agradeceu a cantora.

Para o prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), foi uma festa da família, dos jovens e da juventude como um todo. Os shows do padre Fábio de Melo e da cantora gospel Aline Barros significaram momentos de louvor e adoração a Deus que trouxe um ambiente de leveza e cordialidade na cidade. É fundamental virar o ano nessa celebração da vida”, expressou.

“Além disso, trouxemos gente de toda a região para festejar a vida. Para os itabunenses foi fundamental para o calendário de eventos. Houve grande repercussão e as pessoas estão mais felizes e alegres por gratidão a Deus”, finalizou.

Feita por Pedro Augusto, acompanhe a cobertura fotográfica do evento.

 

Veja como foi o show do Padre Fábio de Melo em Itabuna


O show do padre e cantor Fábio de Melo na primeira noite do Celebra Itabuna agradou em cheio as mais de 10 mil pessoas que lotaram a Arena Zé Cachoeira, no Banco Raso, que tiveram mais de duas horas e meia de canções, ensinamentos da antropologia e filosofia cristãs e puderam renovar sua fé em Deus. Com humildade, ele abriu a noite cantando uma composição Clareou, de Diogo Nogueira.

“A vida é pra quem sabe viver/ Procure aprender a arte/ Pra quando apanhar não se abater/ Ganhar e perder faz parte. Levante a cabeça, amigo, a vida não é tão ruim/ Um dia a gente perde/ Mas nem sempre o jogo é assim/ Pra tudo tem um jeito/ E se não teve jeito ainda não chegou ao fim”, cantou, acompanhado de um imenso coro. No refrão, a multidão cantou mais alto ainda: “Deus é maior!/ Maior é Deus, e quem tá com Ele/ Nunca está só/ O que seria do mundo sem Ele?”.

Na sequência, o padre Fábio de Melo fez reflexões sobre a fé em Deus, a vida, oportunidades e desafios do cotidiano da vida moderna. Depois, intercalou músicas do cancioneiro da MPB certamente para elevar o auto-austral dos seus fiéis católicos e fãs de todas as religiões que cantavam, dançavam e oravam a Deus pela inesquecível noite do Celebra Itabuna que estava apenas começando.

Ao seu boa noite, acrescentou a música Conselho, do Grupo Revelação: “Deixe de lado esse baixo astral/ Erga a cabeça, enfrente o mal/ Que agindo assim será vital/ Para o seu coração… Tem que lutar, não se abater/ Só se entregar a quem te merecer/ Não estou dando e nem vendendo/ Como o ditado diz/ O meu conselho é pra te ver feliz”, cantou sob os acordos de músicos de sua banda que arrancou aplausos e elogios.

O rico repertório do show serviu como um bálsamo para quem desejou agradecer a Deus pelas conquistas no ano que se encerra. “Acalma o meu coração, acalma o meu coração/ O vento está soprando/ Mas é Te adorando que venço o mar da aflição / Acalma o meu coração, acalma o meu coração/ Só venço esse mundo se for em Tua presença/ Acalma o meu coração”, cantou o padre Fábio de Melo recorrendo a uma canção de Anderson Freire.

No bis – quando supostamente o show se encerra e o público pede a volta do artista ao palco – o padre recorreu ao maranhense Chico César: “Deus me proteja de mim/ E da maldade de gente boa/ Da bondade da pessoa ruim/ Deus me governe e guarde / Ilumine e zele assim”. Em seguida, desfiou forrós, xaxados e outros ritmos nordestinos, a exemplo de Se avexe não, de Flávio José; Só quero um xodó, Gilberto Gil, Asa Branca, Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga, Enquanto engoma a calça, Ednardo; Espumas ao vento, Fagner; e Anunciação, de Alceu Valença.

A noite de estreia da 2ª edição do Celebra Itabuna foi aberta às 18 horas com o Ângelus, quando os católicos relembram a passagem bíblica da Anunciação a Maria de que seria a mãe de Jesus pelo anjo Gabriel. A primeira atração local foi a banda Ministério Luz Maior que agradou pelo leve repertório com canções de exaltação da fé em Deus. Na sequência, subiram ao palco os músicos e cantores do Ministério Eucarístico Fogo no Altar (MEFA).

“Achei que foi um momento muito incrível, em especial para nós do ministério e para os católicos. Esse movimento surgiu há oito anos na Diocese de Itabuna. E diante da necessidade de pregar o Evangelho e cantar as maravilhas de Deus surgiu a necessidade do ministério que interage com as pessoas das comunidades. Estou feliz em reencontrar o povo de Deus”, disse Cássio José Ribeiro dos Santos, um dos cantores do MEFA.

Coube ao bispo diocesano Dom Carlos Alberto dos Santos presidir a celebração da Santa Missa, acompanhada pelo Ministério da Música Santa Cecília e concelebrada por quase uma dezena de padres das paróquias da Diocese de Itabuna, que mobilizou fiéis de Itabuna e de outros municípios. O religioso agradeceu ao prefeito Augusto Castro e ao presidente da Fundação Itabunense de Cultura, Aldo Rebouças, pela realização do evento que serviu para que as pessoas agradecessem a Deus por 2023, um ano bom se levado em conta as cheias e enchentes do final de 2021 e aguardassem 2024 com esperança.

Pequenas caravanas, a exemplo de Buerarema, São José, Santa Luzia, Mascote, Camacan, Ibicaraí, Itapé e de outros municípios, vieram participar da noite festiva de louvor a Deus. Além disso, mais de 14,5 mil pessoas compartilharam a celebração e os shows em transmissão ao vivo pela Rede Portal e as redes sociais da Prefeitura de Itabuna. Para encerrar a primeira noite do Celebra Itabuna se apresentaram depois da meia noite e meia os cantores Jonas Marins e Artur Giovanni e o grupo Comunidade Rainha da Paz.

A seguir, a cobertura fotográfica do show, por Pedro Augusto.

Previsão de 6,5 milhões de turistas no verão baiano


A temporada de verão 2023/2024 foi aberta, nesta sexta-feira (22), com estimativas animadoras para quem desempenha atividades turísticas na Bahia. Segundo a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), 6,5 milhões de visitantes deverão circular pelo território baiano na alta estação, injetando R$ 9,8 bilhões na economia. No verão passado, foram 6,2 milhões de turistas e R$ 9 bilhões de receita. A previsão de crescimento no fluxo se deve ao aumento contínuo nos índices do setor no estado, desde 2021, com números acima da média nacional, e às informações das companhias aéreas e agências de viagens sobre a grande demanda de procura por destinos baianos.

“A Bahia se preparou para superar os números do verão passado, com ações estruturantes, capacitação profissional, qualificação de serviços, promoção das 13 zonas turísticas e captação de novos voos. Esse pacote de iniciativas credenciou o estado a registrar um alta temporada recorde em movimentação turística”, pontua o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar.

Os destinos baianos mais procurados estão localizados no litoral: Salvador (Baía de Todos-os-Santos), Praia do Forte (Costa dos Coqueiros), Morro de São Paulo (Costa do Dendê), Itacaré e Ilhéus (Costa do Cacau) e Porto Seguro (Costa do Descobrimento). Aparecem ainda na relação Lençóis e Mucugê (Chapada Diamantina).

Os brasileiros representam 89,5% dos turistas que escolhem a Bahia, tendo São Paulo e Rio de Janeiro como os maiores polos emissores; os estrangeiros são 10,5%, com liderança de argentinos, seguidos de espanhóis, franceses e italianos.

Para quem pretende chegar à Bahia de avião, o estado tem conectividade aérea com todas as regiões do Brasil e com a América do Sul (Argentina, Chile e Uruguai) e Europa (Portugal e Espanha). Do continente europeu também partem voos fretados da Polônia. Para atender à grande demanda durante a alta temporada, empresas de aviação já abriram dezenas de voos extras para os aeroportos de Salvador, Porto Seguro e Ilhéus.

Em Itabuna, os nomes mais registrados em 2023


Nomes curtos, bíblicos e originais, cada vez mais adotados pelos influenciadores da atualidade, são a tendência observada nos registros de nascimento de bebês no Brasil no ano de 2023. Em Itabuna, Heitor segue como o nome preferido, com 36 registros neste ano, seguido por Theo, 33 nascimentos. Nomes como Heitor, Theo, Miguel, Gael e Samuel entre os homens, e Maya, Laura, Helena, Liz e Maria Cecilia, entre as mulheres, tem crescido e já figuram na lista dos 30 mais escolhidos pelos pais ao longo do ano no município. Veja a lista completa – atualizada em 11.12 – no final do texto

Os dados completos catalogados pelos Cartórios brasileiros integram o Portal da Transparência do Registro Civil (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), administrado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), que reúne a base de dados de nascimentos, casamentos e óbitos registrados pelas unidades presentes em todas as 5.570 cidades brasileiras. Na plataforma é possível realizar buscas ano a ano em todo o território nacional, em regiões, estados e municípios, possibilitando ainda recortes por nomes simples e compostos.

Este crescimento acontece em um momento em que uma nova Lei Federal – 14.382/22 – permitiu a qualquer pessoa maior de 18 anos alterar seu nome em Cartório, independentemente do motivo e sem a necessidade de procedimento judicial, bastando se dirigir ao Cartório mais próximo de sua residência. A nova legislação também possibilitou que pais de bebês, em consenso, possam alterar o nome do recém-nascido em até 15 dias após o registro de nascimento, assim como ampliou o rol de possibilidades de alteração de sobrenomes

Passado um ano da permissão, os Cartórios de Registro Civil da Bahia registraram um total de 851 mudanças de nome sem a necessidade de processo judicial e independentemente de prazo, motivação, gênero, juízo de valor ou de conveniência (salvo suspeita de vício de vontade, fraude, falsidade, má-fé ou simulação).

“A possibilidade de alteração de nome e sobrenome resulta do processo de desjudicialização, que é um movimento para desburocratizar serviços, tornando-os mais céleres e acessíveis para a população, além de desafogar o nosso sistema Judiciário”, destacou o presidente da Arpen/BA, Carlos Magno. “Com essa medida, a vida dos cidadãos ficou mais facilitada, sem por nenhuma razão, hoje já é possível fazer essa alteração, é uma lei que veio para somar, complementar o respeito a identidade cultural”, completa. 

Para realizar o ato diretamente em Cartório de Registro Civil é necessário que o interessado, maior de 18 anos, compareça a unidade com seus documentos pessoais (RG e CPF). O valor do ato é o custo de um procedimento, tabelado por lei, e que varia de acordo com a unidade da federação. Caso a pessoa queira voltar atrás na mudança, deverá entrar com uma ação em juízo.

Após a alteração, o Cartório de Registro Civil comunicará a alteração a alteração aos órgãos expedidores do documento de identidade, do CPF e do passaporte, bem como ao Tribunal Superior Eleitoral, preferencialmente por meio eletrônico.

A nova lei também trouxe novas regras que facilitaram as mudanças de sobrenomes, abrindo-se a possibilidade de inclusão de sobrenomes familiares a qualquer tempo, bastando a comprovação do vínculo, assim como a inclusão ou exclusão de sobrenome em razão do casamento ou do divórcio. Da mesma forma, filhos podem acrescentar sobrenomes em virtude da alteração do sobrenome dos pais e, nos casos em que os pais de filhos menores constatam, em conjunto, que o registro original não reflete todas as linhagens familiares. Também passou a ser possível a alteração do sobrenome pode ser solicitada pela pessoa viúva, mediante a apresentação da certidão de óbito do cônjuge.

Sobre a Arpen-BA

A ARPEN/BA é uma associação fundada em 2013, após o processo de privatização das serventias extrajudiciais do estado da Bahia, e despontou como associação escolhida pela grande massa dos oficiais dos registros civil do estado, legítima representante da categoria no âmbito estadual e nacional.

 

Assessoria de Imprensa da Arpen-Brasil

Assessores de Comunicação: Alexandre Lacerda e Rafaela Góis

Tel: – (11) 99614-8254 e (71) 9 9668-8259

E-mail: [email protected]

URL: https://www.arpenba.org.br/

 

Ranking dos 10 Nomes mais registrados em 2023 em Itabuna

 

1º HEITOR – 36 registros

2º THEO – 33 registros

3º MIGUEL – 31 registros

4º GAEL – 27 registros

5º SAMUEL – 20 registros

6º ARTHUR – 20 registros

7º MAYA – 19 registros
8º LEVI – 19  registros 

9º LAURA – 19 registros 

10º HELENA – 19 registros

 

Ranking dos 10 Nomes masculinos mais registrados em 2023 em Itabuna

 

1º HEITOR – 36 registros

2º THEO – 33 registros

3º MIGUEL – 31 registros

4º GAEL – 27 registros

5º SAMUEL – 20 registros

6º ARTHUR – 20 registros

7º LEVI – 19 registros

8º PEDRO – 19 registros

9º RAVI – 18 registros

10º ANTHONY – 18 registros

 

Ranking dos 10 Nomes femininos mais registrados em 2023 em Itabuna

 

1º MAYA – 19 registros

2º LAURA – 19 registros

3º HELENA – 19 registros

4º LIZ – 18 registros

5º MARIA CECILIA – 17 registros

6º MAITE – 17 registros

7º MARIA HELENA – 15 registros

8º ALICE– 15 registros

9º MARIA EDUARDA- 14 registros
10º ELOA – 13 registros

Gabriela FM muda de endereço em Ilhéus


A Gabriela FM 102,9 está de casa nova. Prestes a completar 32 anos de história, a emissora, que funcionou por três décadas no Banco da Vitória, em Ilhéus, inaugurou seus novos estúdios no Gabriela Center, localizado na Avenida Itabuna. Além da mudança de ares, a rádio ganhou equipamentos de última geração e investiu pesado na expansão da presença na internet. 

A equipe da emissora apresentou suas novas instalações, na quinta-feira (21), em uma festa para convidados, ao som da banda Cacau com Leite e do DJ Neto Nogueira. Marcaram presença os colaboradores da Gabi, ex-funcionários, jornalistas, comunicadores de outras empresas, políticos e representantes de classe. 

Presente no evento, o radialista Vila Nova, da Ilhéus FM, ressaltou a relevância da Gabi para o sul da Bahia. “A gente observa o quanto a Rádio Gabriela cresceu, o quanto a Gabriela FM é importante na comunicação, não de Ilhéus, mas de toda a região”, disse. Já o vereador Augustão (PT) destacou o trabalho do diretor-executivo Valderico Junior. 

Para o empresário e ex-vice-prefeito Cacá Colchões, além da modernização e da qualidade dos serviços prestados pela emissora, a Gabriela FM mantém e expande seu maior patrimônio: uma legião de ouvintes espalhados por todo o sul-baiano. 

EMOÇÃO

Valderico Junior não conseguiu segurar a emoção ao agradecer a presença dos convidados, recordando os momentos difíceis que enfrentou nos últimos meses, quando sua mãe, Fátima Barletta, e seu pai, Valderico Reis, tiveram graves problemas de saúde. 

“Esse ano foi de muita prova para mim. Um segundo semestre muito difícil”, disse Junior. Ele fez uma declaração de amor à mãe e agradeceu a Deus por ter a presença de Dona Fátima, como é conhecida, num momento tão significativo para toda a equipe da Gabriela FM.

Turista tem opção de voo de 25 minutos ligando Salvador à Boipeba 


Faltando poucos dias para a abertura do verão, a Abaeté Linhas Aéreas iniciou, nesta quinta-feira (14), o voo de Salvador para Boipeba, ilha do município de Cairu, na zona turística Costa do Dendê. O embarque inaugural teve a participação da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), parceira da Abaeté na iniciativa, do Consulado Honorário da Itália e da Rede Vinci, que administra o aeroporto da capital baiana. Inicialmente, a linha vai funcionar somente na alta temporada.

“Vamos observar a demanda durante o verão, para ver a necessidade de um número maior de voos, e poderemos ir ampliando as operações, de acordo com a procura. A parceria com a Setur-BA tem sido determinante, no propósito de nossa empresa de contribuir para o desenvolvimento do turismo baiano”, pontuou o sócio-diretor da Abaeté, Tiago Tosto.

“Para os italianos e, em geral, para os europeus, Boipeba representa um pedacinho do paraíso. A Bahia tem um grande potencial para atrair o turista internacional, que busca o contato com a natureza”, declarou o cônsul honorário da Itália em Salvador, Andrea Garziera.

A aeronave Caravan decolou do aeroporto da capital às 15h10, com nove passageiros a bordo, a capacidade máxima. O voo durou 25 minutos, oferecendo uma bela vista panorâmica para o litoral do baixo sul. O pouso em Boipeba aconteceu na pista privada da Fazenda Pontal, onde os viajantes foram recebidos em clima de festa. O local oferece segurança operacional e traslado para o cais da ilha.

“Em um estalar de dedos, chegamos nesse lugar tão lindo, mágico e especial, que é Boipeba. Esse vooo fortalece muito o destino. Estão de parabéns todos que contribuíram para essa evolução na infraestrutura regional”, elogiou o advogado Guido Araújo, que fez a viagem.

Os voos são oferecidos duas vezes por semana (segundas e quintas), com saídas de Salvador às 15h10; e retorno de Boipeba às 16h20 (segunda) e às 16h (quinta). As passagens custam a partir de R$ 600, com pagamento em até quatro parcelas no cartão de crédito. A Abaeté ainda disponibiliza linhas para Morro de São Paulo (Cairu) e Barra Grande (Maraú).

 

O Boticário pretende superar em 20% as vendas de Natal neste ano


A chegada da data mais estratégica começa a movimentar o mercado de varejo e consumo. Segundo dados da Kantar, a categoria de higiene e beleza está entre as três que mais se destacam como opções presenteáveis. Para celebrar o Natal em grande estilo, o Boticário, marca de beleza preferida de homens e mulheres brasileiros para presentear, apresenta mais de 30 opções de kits e combos exclusivos, que incluem desde produtos clássicos e queridinhos dos consumidores, até os mais icônicos lançamentos da marca.

Nos negócios, a estimativa de vendas de kits presenteáveis para os diversos canais de atuação da marca pelo Brasil – e-commerce, com site e app exclusivo, lojas físicas e revendedores – apresenta expectativas de incremento de 20% quando comparada com o período natalino de 2022. Segundo Vanessa Machado, diretora da Categoria Gifts do Grupo Boticário, a data é estratégica para o mercado como um todo, mas para a marca carrega a importância de ser líder em categoria, conhecer o consumidor e o colocar como o centro do negócio. “Neste Natal, falamos sobre o amor presente e, de fato, nada é mais especial do que estar presente de verdade com quem se ama. Para celebrar, como marca de referência na categoria de presenteáveis, que há mais de quatro décadas participa dessa festividade em milhares de lares brasileiros, criamos um mix de produtos que eleva as nossas fortalezas em portfólio e itens exclusivos, com opções que abrangem a lembrancinha ao presente grandioso, algo que gera identificação e desejo aos nossos consumidores”, pontua.

Além das diversas opções de presente, entre kits e combos de perfumaria, cuidados pessoais e infantis, entre outros, a marca também reforça a ação Mais Presentes Boticário: uma plataforma que possibilita o resgate de ofertas e experiências. Quem comprar um kit da edição limitada de Natal receberá uma tag com QR Code e senha única. O presenteado escaneia, acessa a plataforma e realiza o cadastro para entrar no hub de ofertas e escolher um presente extra. As opções vão desde cursos online, passeios, massagens, aulas em academia, até descontos especiais para produtos do Boticário e marcas do Grupo Boticário.

Beem Trancoso estreia com show de  Luiz Caldas e Saulo no Teatro L’Occitane


Acontece no Teatro L’Occitane, no dia 03 de janeiro de 2024, a estreia do Beem Trancoso. Assinado pela Carambola Produções Manu Berbert Produções, o projeto irá proporcionar arte e entretenimento em uma das cidades mais famosas do país, unindo sempre experiências únicas e especiais a grandes nomes, de diversas vertentes culturais.

Para sua estreia, as estrelas da noite, Luiz Caldas e Saulo, levarão ao teatro, em formato intimista, com cada artista portando apenas seu violão e voz, o espetáculo “Luiz Caldas & Saulo”, um encontro afinado e primoroso de gerações da música da Bahia. De um lado Luiz Caldas, que traz na sua história a criação do movimento Axé Music; do outro Saulo, herdeiro de toda a bagagem dessa fusão rítmica e que, não à toa, vem se destacando como um dos artistas mais notórios da Axé Music atualmente.

O formato intimista para canções que trazem no seu DNA a potência para arrastar multidões no Carnaval de Salvador já é uma curiosidade para os ouvidos. Ali, cada um no seu banquinho, o que se descortina é um desfile de grandes clássicos e também canções mais recentes, num repertório capaz de disparar uma memória afetiva musical que faz da sequência das canções uma sucessão de boas surpresas, suspiros e aplausos.

Estão lá alguns hinos de Luiz Caldas, que ganham ainda mais força quando interpretados pelo vozeirão do próprio criador, como “Magia”, “É Tão Bom”, “Ajayô”, “Acordes Verdes” e “Flor Cigana”. Do baú de composições de Saulo – que se define como músico louco, baiano, lúdico e que acredita, sobretudo, no amor –, entram a adorada e aplaudida “Raíz de Todo Bem” e também “Sol em Festa”, “Anjo”, “Leve-me ao mar” e “Floresça”, sempre cantadas em coro nos seus shows.

Do legado inventivo de outros compositores, foram escolhidas músicas que entram no espetáculo como homenagens e também como tesouros eleitos pelos artistas que ali estão. E assim o repertório ganha pérolas como “Mimar Você” (Alain Tavares e Gilson Babilônia para a Timbalada), “Zanzibar” (Cor do Som), “Esquadros” (Adriana Calcanhotto), “Lua dos Amantes” (Moraes Moreira e Pepeu Gomes), “Cara a Cara” (Caetano Veloso), entre outras, num total de 19 músicas.

Uma delas, “Frenesi”, inspirou a idealização do espetáculo, cuja estreia aconteceu em Salvador em outubro do ano passado. “Frenesi” é uma canção de Ademar Furtacor, compositor e tecladista baiano que se destacou na década de 80 ao som dessa e de outras canções de sua autoria. O músico está afastado dos palcos desde 2010 por motivos de saúde e ano passado declarou publicamente sua dificuldade em custear os exames do seu tratamento. Foi quando Luiz Caldas e Saulo se uniram para fazer um show beneficente em prol da sua saúde e assim nasceu “Frenesi pra Ademar: Luiz Caldas & Saulo”, espetáculo que, de tão aplaudido, agora percorre outros palcos do Brasil.