Dr. Álvaro Albano tem caminho de sucesso com inovação e seriedade


O médico itabunense Álvaro Albano já traz marcas de indiscutível pioneirismo na Saúde da Bahia. Uma delas é que realizou no estado a primeira cirurgia bariátrica por endoscopia, sem cortes (gastroplastia endoscópica), em outubro de 2017. O procedimento é a principal linha de atuação de Dr. Álvaro em Itabuna.

O profissional, formado há 12 anos pela Universidade Federal de Alagoas e com residência em São Paulo em Cirurgia Geral e Cirurgia do Aparelho Digestivo, adota como prioridade a busca da excelência, na atenção e cuidado com quem lhe confia o atendimento. “Foco no acompanhamento próximo, continuado e personalizado do paciente antes e após a cirurgia bariátrica”, sintetiza.

Também tem a assinatura deste itabunense a primeira Endoscopia Biliar do sul da Bahia. Realizado em março de 2012, o procedimento é para retirada de cálculos que saem da vesícula e causam obstrução. Antes de realizar tais intervenções, dedicou uma década à formação médica e cirúrgica.

O médico é membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva; da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva; da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e da International Federation for the Surgery of Obesity and Metabolic Diseases.

Pode-se dizer, afinal, que Dr. Álvaro Albano traz na genética a vocação para a profissão que escolheu. É filho do pediatra Renato Albano e irmão da ginecologista Renata Albano. Dois nomes que, com ele, formam um tripé de respaldo na medicina sulbaiana.

Onde atende

Dr. Álvaro Albano presta serviços no Centro de Atendimento ao Obeso na Clínica Oncosul, em Itabuna. Com equipe multidisciplinar, oferece serviço de endoscopia digestiva com enfoque no atendimento do paciente obeso.

Além disso, realiza palestras mensais a familiares e pacientes no auditório da ONCOSUL, sobre tratamento da obesidade. Estes momentos, abertos ao público, são fundamentais para tirar dúvidas. Mais informações sobre o médico podem ser obtidas no site <www.dralvaroalbano.com.br> e no e-mail [email protected].

Fama, dinheiro e suicídio 


Duas mortes em um pequeno espaço de tempo, dos famosos Tim Bergling (DJ Avicii) e Anthony Bourdain, deixaram as pessoas com uma pergunta sem respostas: Por que pessoas famosas, ricas, que teoricamente teriam tudo o que todos querem, se matam?

O filósofo Fabiano de Abreu, que trabalha assessorando pessoas famosas há mais de 7 anos, tem sua teoria filosófica para essa questão.

“A fama passa a ser um inimigo, quando esquecemos que o bom da vida é o simples.

As obrigações impostas pela sociedade atual, ela é inconsciente, ela não é real. A condição imposta de ter que ser o melhor, faz com que a cobrança seja maior, assim como a decepção. Quando que na realidade não há o melhor e sim apenas o momento. O pior preço da fama, é o não reconhecimento do que é de verdade. Fantasiar uma realidade imposta é o tormento do verdadeiro eu que não pode ser mostrado, criando uma prisão imposta por si mesmo. É como um barril de pólvora com um fio, que mesmo queimando devagar, um dia poderá explodir. Temos que entender que não há soberania, que o acaso diferenciam as pessoas e que no fim, todos irão para o mesmo lugar. A percepção de ser querido por muitos, não é a mesma de ser querido por si mesmo, da percepção de diferenciar o falso do verdadeiro. A cobrança ela aumenta e a vida gira em torno de si, bloqueando tudo a sua volta, no que resulta a uma completa solidão. A solidão também está ligada a percepção do que é verdadeiro em relação a todas as pessoas que o circulam”.

A psicóloga Roselene Espírito Santo Wagner também opinou sobre o assunto:

A sociedade em nome do consumo, e de um ideal inatingível de perfeição, mas introjetados como essenciais. Criando assim a ditadura da beleza, da felicidade, do sucesso… Esquecendo que a vida tem repertórios próprios, além destes.

Temos momentos, vicissitudes, idiossincrasias do sujeito desejante.

A partir deste cenário que às vezes é alcançado mas impossível de manter, instala-se a “Depressão “ que é o gatilho do suicídio. O sujeito deprimido não vive para si, mas para s demanda do outro, do externo. Diante do fracasso recolhe os investimentos afetivos feitos e recolhe-se em si. Gerando frustração, desamparo, desesperança, falta de perspectiva.

A depressão é um colapso parcial ou total da autoestima. É a morte da alma, o esvaziamento da energia vital, é muito pior que tristeza!

A existência tornou-se um fardo demasiadamente grande. A pessoa não quer morrer, mas não quer mais viver assim. O sujeito volta pra si mesmo toda a violência e agressão que deseja para o mundo que lhe cobra algo que ele já não pode mais oferecer: sucesso, vitórias, fama, conquistas!

De envergonha de si mesmo.

É sabido que 90% dos casos de suicídio apresentam distúrbios psiquiátricos, 10%  apresentam psicopatologias sutis.

É inquietante portanto e ainda um mistério os motivos reais que levam o sujeito cometer suicídio.

Geralmente quem teme a vida não tem medo da morte.

Como medida preventiva o ideal é uma psicoeducação em crianças, adolescentes e jovens adultos a elaborar e ressignificar frustrações. É importante transformar desafios em crescimento e maturidade, a vida exige coragem e resiliência.

Portanto sejam por quais motivos forem, parece que o gatilho ativador da decisão suicida tem q ver com a relação direta com a perspectiva internalizada de um ideal que esbarra numa realidade impeditiva da realização .

O “ego” deve sempre ser a parte sadia e fortalecida das instâncias de nossa alma. O ego deve desenvolver competência para negociar com o Id e o Superego. Tomando as decisões mais sadias e acertadas para a manutenção da vida .

Enfim, não podemos nos abster deste evento social, formamos uma sociedade, interagimos e fazemos trocas. O quanto você afeta e o quanto você é afetado?

Precisamos desenvolver compaixão, olhar o outro e sermos empáticos.

Suicídio não é um problema isolado e do outro, é também um problema meu e seu!

Desenvolva compreensão, busque ajuda, indique ajuda. Um profissional da área pode ajudar – procure um Psicólogo e ajude a salvar uma vida, inclusiva a sua ou de quem você ama.

—–

Roselene Espírito Santo Wagner

Psicóloga Clínica/ Psicanalista/Neuropsicóloga

CRP 05/ 48913

 

Ídolo da Seleção flagrado com Musa do Flamengo em boate


Do Bocão News

Qem é rei nunca perde a majestade” é o ditado mais apropriado para ex-jogador Romário. Apesar de se tornar ídolo em campo, todo mundo sabe que o craque sempre gostou de curtir a noite e da paquera. Aposentado dos gramados, o Baixinho deu mais uma prova que continuar em forma ainda quando o assunto é conquistar a mulherada.

Nesta semana ele esteve no Parada 021, na Vila da Penha, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, onde foi criado, comemorando o aniversário de seu irmão Ronaldo Faria. Solteiro desde o fim do namoro com a personal trainer Érica Cyriaco, em agosto do ano passado, o senador de 52 anos mostrou que ainda ‘bate um bolão’ e terminou a noite acompanhado.

A “escolhida” foi Cássia Figueiredo, com quem dançou coladinho no cantinho do salão e tudo mais, como mostram as fotos que circulam na internet. Cássia já foi Musa do Flamengo, Musa do MMA e trabalha como bailarina, além de cursar a faculdade de Direito. Ela faz a alegria de seus quase 100 mil seguidores no Instagram, sensualizando com fotos de biquíni e maiô.

 

Ivana Loupleva interação e leveza ao ambiente hospitalar com Santa Café


A administradora Ivana Loup já pode ser citada como um exemplo de quem aliou a experiência e o conhecimento acadêmico a um empreendimento de sucesso. Pós-graduada em Gestão Hospitalar, ela foi, por 12 anos, assessora da provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. E decidiuinaugurar, em 02 de fevereiro de 2015, o Santa Café.

O charmoso espaço privado, montado na recepção do hospital Calixto, uneelegância, aconchego, acolhida. Afinal, todos desejam um lugar assim quando vão esperar por uma consulta ou exame, visitar um parente ou amigo internado.Aliás, a proposta deu tão certo que os clientes voltam, mesmo quando querem apenas um cafezinho ou lanche.

“O Santa Café sabe do papel importante que integra, dentro do projeto de Humanização Hospitalar da Santa Casa de Itabuna”, completa a já bem-sucedida empresária, que não abre mão do companheirismo e treinamento especial dedicado à equipe.

Médicos, enfermeiros e outros funcionários da instituição filantrópica também podem desfrutar dos serviços ali oferecidos ao sabor de umcafé expresso artesanal,cappuccino, suco, chá, além de almoços, tortas e outros lanches. O local ainda coloca à venda itens para a higiene pessoal, entretenimento e conforto dos clientes.

Os horários bastante apropriados agradam à clientela do Santa Café. O funcionamento vai das 7 às 18 horas, de segunda a sexta-feira, e das 8 às 18 horas, aos sábados.

 

 

Ilhéus também sedia Festival Nacional de Dança Contemporânea  


O Festival Nacional de Dança Contemporânea acontece no Teatro Municipal de Ilhéus, nos dias 10 e 11 de setembro e, em Itacaré, de 12 a 16 de setembro, no Centro Cultural Porto de Trás. O objetivo é selecionar propostas de obras artísticas para promover intercâmbio entre solo, grupo, coletivos ou companhias de dança. O evento visa estimular a produção artística local, propiciar a difusão e reflexão acerca da linguagem, além de contemplar as produções da dança baiana e nacional.

A realização é da Comunidade Tia Marita, com o apoio da Casa Ver Arte, em parceria com a Secretaria da Cultura de Ilhéus. O apoio financeiro é do governo da Bahia, através do Fundo de Cultura. A inscrição pode ser feita de 11 de deste mês até o dia 11 de julho pelo site www.festivaldedancaitacare.com.br. Os espetáculos devem ter mobilidade de técnica, com duração de no mínimo 30 minutos. Cada participante pode inscrever até um projeto formatado de acordo com as especificações da convocatória.

Ainda de acordo com o regulamento a produção do Festival Nacional de Dança Contemporânea irá disponibilizará para as apresentações equipamento de iluminação (básico). Os espetáculos deverão ter mobilidade técnica devido à estrutura do Centro Cultural Porto de Trás com montagem, desmontagem, camarim, linóleo cinza e preto, hospedagem, transporte, cachê e duas alimentações por dia.

Com relação aos direitos de imagens o regulamento do festival estabelece que “pela adesão à convocatória, o candidato inscrito que venha a ser selecionado autoriza a organização do evento a utilizar as imagens da produção artística em mídia impressa ou eletrônica, exclusivamente para divulgação do festival”.

Divulgação dos resultados – E no que tange à lista dos selecionados conterá o nome do proponente e será divulgada no dia 16 de julho, no site www.festivaldedancaitacare.com.br. “Os proponentes dos projetos que foram selecionados receberão os comunicados via email com instruções para a formalização da concordância quanto às condições de realização”.

Confira a programação do São João de Ilhéus


 Grupo de forró Estakazero Foto: Sergio Figueiredo / Divulgação

O clima de comemoração das festas juninas esquenta entre os dias 27 e 30 de junho, com o Viva Ilhéus Fest 2018. Com atrações renomadas e expoentes da música regional, o evento será na Avenida Dois de Julho, Centro Histórico da cidade. Integra a programação festiva do aniversário de 484 anos de fundação e 136 anos de elevação de Ilhéus à categoria de cidade.

A grade de programação já está confirmada. Dia 27, entra em cena Adelmário Coelho, Danniel Vieira, Mel de Forró e Realce. No dia do aniversário da cidade, 28, será a vez de Felipe Araújo, Estakazero, Papazoni, Top Gan e Leonardo Leo. No dia de São Pedro, 29, o arrasta-pé fica por conta de Filomena Bagaceira, Forrozão, Trio da Huanna e Stampa do Forró. No encerramento, dia 30, tem Forró dos Plays, Kart Love, Via de Acesso e Pagofunk.

“Será um mix de ritmos e alegria para todas as idades”. Assim, o secretário interino de Turismo e Esporte (Setur), Hélio Ricardo, define o formato do festival. “A organização será impecável e a segurança garantirá a presença de toda a família ilheense que queira se divertir”, completa.

“Musa do Vitória” faz ensaio na Avenida Paulista contra o preconceito regional


A musa fitness Milla Summers, baiana nascida em Caravelas e considerada a “Musa do Vitória”, fez um belíssimo ensaio fotográfico na Avenida Paulista, em São Paulo, contra o preconceito regional.
“Todos os nordestinos em São Paulo são chamados de baianos, mas nem todos são baianos. Em São Paulo existe pessoas de todas as regiões do Brasil. Amo a Bahia, amo o Vitória, sou Vitória e vivo em São Paulo. E daí?”, dispara a loira que está despontando nas redes sociais como influenciadora digital.
Milla Summers começou a treinar para superar a dor causada por um problema de saúde na família. Ela percebeu que, devido a essa situação, havia abandonado não somente sua carreira como advogada, mas também a si mesma. Mas hoje ela conseguiu dar a volta por cima, graças à motivação que encontrou no lifestyle fitness e na musculação. “Estava muito cansada, sem perspectivas, triste e não conseguia me cuidar. A segunda gravidez detonou meu corpo, me achava feia, não me reconhecia e chorava ao ver minhas fotos mais antigas”, lembra a beldade.
A motivação para superar tudo isso veio quando descobriu na internet informações sobre um concurso de beleza fitness. Inspirada pelo desafio, Milla Summers conta que decidiu competir e levar a preparação a sério: “Foi uma maneira que encontrei de dar a volta por cima e não fraquejar. Precisava de um objetivo mais concreto para garantir os cuidados comigo, já que tinha uma rotina tão intensa por conta do problema de saúde da minha filha. Pronto! Matriculei-me numa academia, contratei um excelente personal, busquei um médico para me ajudar com toda a suplementação e ajustes fisiológicos e uma nutricionista que me acompanha nos cuidados com a dieta”.

Ilhéus abre inscrição para o Concurso Literário Crônicas de Gabriela


A Prefeitura de Ilhéus, através da secretaria municipal da Cultura (Secult) abriu nesta sexta-feira (1º), inscrição para o Concurso Literário Crônicas de Gabriela, em comemoração aos 60 anos do lançamento do livro “Gabriela, Cravo e Canela”, do escritor Jorge Amado. Um dos objetivos é incentivar a produção literária de crônicas, estimular a leitura da obra de Jorge Amado a partir do romance ‘Gabriela, cravo e canela’ e fomentar a escrita, a leitura, o livro e a literatura. A inscrição é gratuita e deve ser enviada exclusivamente para o email: [email protected] contendo arquivos em PDF, até o dia 15 de julho deste ano. O tema central é “Gabriela, cravo e canela, 60 anos do romance”.

De acordo com o regulamento, a ficha de inscrição será preenchida e assinada, anexadas cópias do RG, ou outro documento oficial com foto. O ato da inscrição no concurso implica na plena aceitação por parte dos inscritos das normas estabelecidas no edital, bem como a cessão, por tempo indeterminado, sem ônus dos direitos autorais dos trabalhos inscritos, para eventual publicação em quaisquer meios de comunicação, impresso ou eletrônico.

Podem participar maiores de 18 anos que devem atentar para a temática do concurso que foi pensada em homenagem aos 60 anos de publicação do romance ‘Gabriela, Cravo e Canela’, do escritor Jorge Amado, que possibilita a reflexão sobre o papel da mulher na sociedade. As crônicas devem ser obrigatoriamente inéditas e escritas em língua portuguesa. Ficam automaticamente desclassificadas as já publicadas de forma impressa ou virtual, no todo ou em qualquer parte, ou divulgadas por qualquer meio de comunicação.

O regulamento prevê que é vedada a participação de funcionários da Secretaria da Cultura de Ilhéus, de membros da Academia de Letras de Ilhéus, da livraria Papirus e da comissão julgadora, além de parentes, cônjuges ou companheiros estáveis em primeiro grau e colateral destes. “Entende-se por crônica um texto curto sobre acontecimentos do cotidiano, narrado em primeira ou terceira pessoa do singular. Serão classificados os trabalhos que alcançar uma pontuação média igual ou maior que 25 pontos”.

A crônica deve ser digitada, gravada em arquivo com extensão PDF. As páginas deverão ter o formato A-4, layout retrato, com fonte “Times New Roman”, três centímetros. O seu título deve constar na parte superior da página inicial, digitado em negrito, em fonte “Times New Roman”, tamanho 14, alinhamento centralizado. A crônica não pode ter ilustrações e sua extensão dever ter no mínimo uma página e no máximo três páginas. A crônica que estiver de acordo com o edital será divulgada no site www.ilheus.ba.gov.br/portais/cultura.

Seleção – As crônicas serão analisadas e selecionadas por comissão julgadora composta por cinco membros de evidente conhecimento no campo literário ou jornalístico, que procederá a seleção de três crônicas e classificarão em ordem decrescente de pontos. Já o resultado do processo de seleção será divulgado no dia 27 de julho deste ano, no Diário Oficial município e no site www.ilheus.ba.gov.br/portais/cultura.  A premiação das três crônicas selecionadas será divulgada e publicada também no site da Secretaria da Cultura e em redes sociais.

Premiação – A solenidade de entrega dos prêmios está prevista para o dia 10 de agosto, com horário e local a serem definidos. As três crônicas receberão um kit de livros da obra do escritor Jorge Amado, incluindo o romance “Gabriela, cravo e canela”. O primeiro lugar receberá um smartphone. Todos os participantes receberão certificado de participação fornecido pela secretaria municipal da Cultura.

Dra. Thaís Paula Reis mostra caminho para rosto jovem e saudável


A tão sonhada “pele de porcelana” e até um aspecto rejuvenescido para driblar as tais marcas do tempo é o que procura a maioria das pessoas – sobretudo as mulheres. Esse anseio é uma das razões para ser tão buscada – e reconhecida – a médica Thaís Paula Reis, dedicada à dermatologia. Ela se define como “uma apaixonada pela profissão”.

Dra. Thaís recorda ter escolhido a dermatologia assim que decidiu cursar medicina. “Pois a pele reflete a saúde do corpo e da mente”. Desde que se formou, no Rio de Janeiro, ela se dedica à dermatologia clínica, cirúrgica e, principalmente, estética.

Organizada e disciplinada, entende que o sucesso é a soma de esforços repetidos dia a dia. “Então, me preocupo com todos à minha volta e conto com uma equipe que facilita muito minha rotina”, acrescenta.

A bem-sucedida profissional não se esquece da família quando perguntamos “Quem é Thaís Paula Reis?”. “A mãe de Gabriela (risos). Além de me dedicar à profissão, sempre divido meu tempo com a família. A filha Gabriela Reis, o esposo Valderico Júnior e o nosso mascote José Augusto Lucky (o cachorro)”, detalha.

Lifting 4D para rejuvenescer

Dra. Thaís se considera detalhista e lembra ter escolhido cada peça, cada cantinho da clínica, para retratar um pouco da identidade dela. Além disso, tem claro um diferencial do serviço que presta: “O conceito de cuidado desde a recepção à finalização dos procedimentos. O objetivo maior é otimizar os resultados e atingir ao máximo a expectativa dos pacientes”.

Logo na primeira consulta, segue um protocolo que começa pela avaliação e as indicações para cada paciente. “Priorizo sempre a queixa e necessidade de cada um, para obtermos os resultados desejados”, avalia.

A médica prioriza o tratamento das quatro dimensões da face, através do Lifting 4D, como um procedimento cujo intuito é o rejuvenescimento. Ela esclarece que o processo de envelhecimento inclui fatores como perda de áreas de gordura, diminuição da parte óssea do rosto e formação de rugas.

A seguir, Dra. Thaís Paula Reis esclarece para a Bellas, de forma técnica, o passo a passo do Lifting 4D.

 O que é o Lifting 4D?

O Lifting 4D é o conceito de tratamento para rejuvenescimento. O protocolo avançado atua em 4 dimensões, sendo elas a cosmetologia, suavização da musculatura, realce da face e textura da pele.

Como ocorre a primeira dimensão do Lifting?

A primeira dimensão, cosmetologia, são os produtos prescritos individualmente para cada paciente. Os dermocosméticos irão preparar a pele para os procedimentos realizados na clínica, como também prolongar os efeitos dos mesmos. Após avaliação detalhada do paciente, são indicadas medicações específicas para cada tipo de pele.

 E a segunda dimensão?

A segunda dimensão, suavização da musculatura, trabalha o relaxamento de músculos específicos do terço superior, inferior da face e pescoço, resultando em um aspecto mais jovem e descansado.

 O pescoço também é tratado?

A musculatura do pescoço interfere diretamente na tração da face e envelhecimento do rosto; por isso, sempre indico o procedimento “nefertit” para suavizar a “papada”, as linhas finas e alongar o pescoço.

 E sobre a terceira dimensão?

A terceira dimensão, realce, valoriza os contornos da face de cada paciente, projetando as qualidades e minimizando imperfeições. Sempre respeitando a característica e anatomia de cada um. Nesta etapa projetamos pontos de luz que emagrecem o rosto, diminuem os sulcos profundos e melhoram a forma facial, elevando a beleza na sua proporção áurea.

 

Por fim, como funciona a quarta dimensão?

A quarta dimensão, textura, envolve todo o tratamento para deixar a pele com o aspecto de “pele de porcelana” tão desejado. O viço e brilho, perdidos ao longo dos anos, são trabalhados nesta etapa. Os ativos injetáveis ou tópicos são utilizados para atuar na vitalidade da pele, nas manchas e cicatriz de acne.

Qual a importância do uso diário dos produtos em casa no tratamento?

É muito importante. Para uma pele saudável, é preciso ter rotina, lavar o rosto duas vezes ao dia com o sabonete adequado, usar cremes rejuvenescedores e nunca abrir mão do protetor solar.

“Acredito que quando você olha no espelho e enxerga uma pessoa bonita, você emana energias positivas e a vida passa a fluir na mesma leveza do seu olhar.”

Conselho de Turismo de Ilhéus elegeu diretoria


Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 6, os membros, recentemente empossados, do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) de Ilhéus elegeram a diretoria do colegiado para o biênio 2018-2020. O servidor público Jacks Rodrigues, vinculado à secretaria de Turismo e Esportes (Setur), foi eleito presidente, e o empresário Rafael Espírito Santo, atual presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), é o vice. O representante do terceiro setor, Marcos Antonio Lessa, da Federação das Associações de Moradores de Ilhéus (FAMI), foi escolhido para a secretaria.

A assembleia aconteceu no auditório do Centro Administrativo do Município, no bairro da Conquista, com a presença do secretário de Turismo, Hélio Ricardo. Reativado na atual gestão, o Conselho Municipal de Turismo é integrado por representantes do Poder Público, da iniciativa privada e do terceiro setor, por meio de nomeação pelo prefeito Mário Alexandre, conforme o Decreto 036/2018. A próxima reunião do Conselho foi marcada para o dia 20 de junho, para apreciação e votação do regimento interno

O Comtur constitui-se como um colegiado de caráter consultivo e deliberativo, que atua na esfera do controle social – uma forma de compartilhamento de poder de decisão entre Estado e sociedade em torno das políticas públicas. Tem como objetivo principal formular e implementar a Política Municipal de Turismo, a fim de criar  condições  para  o  aperfeiçoamento  e  o  desenvolvimento,  em  bases sustentáveis, da atividade turística em Ilhéus, de forma a garantir o bem estar de seus habitantes e turistas e o resguardo do patrimônio natural e cultural da região.

Também compete ao Conselho, acompanhar a elaboração e aprovar o Inventário da Oferta Turística, elaborar propostas de valorização da cultura e dos costumes da população local e do patrimônio artístico, arquitetônico, histórico e turístico; indicar ações para atendimento com recursos do Fundo Municipal de Turismo; apoiar o desenvolvimento do produto turístico, por meio da mobilização e sensibilização da comunidade; fomentar a certificação de atividades e empreendimentos turísticos no município, entre outras atribuições.